A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

06/09/2018 22:22

Para plateia, Amôedo defende corte de gastos e redução de impostos

Candidato à presidente da República participou de evento político, no Teatro Dom Bosco

Leonardo Rocha
Candidato João Amoêdo, durante evento no Teatro Dom Bosco (Foto: Leonardo Rocha)Candidato João Amoêdo, durante evento no Teatro Dom Bosco (Foto: Leonardo Rocha)

Com a bandeira de renovação na política e novo modelo de gestão, o candidato a presidência da República, João Amoêdo (Novo), defendeu o livre mercado, com redução de impostos e corte de gastos públicos, em evento na Capital, que contou com a presença do seu vice, Christian Lohbauer (Novo) e do técnico de vôlei, Bernardo Rocha de Rezende, o Bernardinho.

O candidato participou de evento político, no Teatro Dom Bosco, que contou com militantes partidários e pessoas que foram conferir suas propostas. Engenheiro de formação, com atuação no ramo empresarial, Amoêdo ponderou que resolveu entrar na política em 2009. “Resolvi sair da zona de conforto, fazer algo pelo Brasil, e defender novo modelo de gestão pública”.

Ele defende mais “liberdade na economia”, com diminuição da burocracia, para gerar emprego e renda. “Não se pode ter tanta dificuldade para se montar uma empresa, contratar e fazer ela andar para frente”. Também citou uma das principais bandeiras, que é diminuir os gastos públicos. “O Congresso (Nacional) custa 29 milhões por dia, custa 16 vezes mais do que em outros países”.

Impostos - Outro objetivo é reduzir a carga tributária. “O nosso sistema (tributário) é muito complexo, primeira ação será simplificar os impostos, em um único tributo, juntando IPI, Cofins, ISS e ICMS. Depois queremos reduzir e pautar a situação da previdência social”.

Sobre economia, defende mais liberdade para os negócios, com menos interferência do Estado. “Temos que abrir mais a economia, ampliar oferta de crédito, com segurança jurídica. Uma das ações é melhorar os transportes e logística, tornar o mais Brasil mais rentável”.

Educação Amoêdo quer foco maior na educação básica, inclusive na primeira infância, ao invés de priorizar o ensino superior. Também cita a valorização dos professores, e mais dinamismo nas aulas e ensinamento aos alunos. “Não se trata apenas de recursos e sim de gestão, também novo modelo, com menos foco na aula teórica”.

Para saúde, defende tecnologia de ponta no setor, com melhor gasto do dinheiro público, assim como parcerias com as chamadas “Organizações Sociais”, na gestão de hospitais. “Temos dados que esta administração torna o serviço 25% mais eficiente”.

Campanha – Com pouco tempo na televisão e sem aliados, o candidato disse que sua campanha está crescendo nas redes sociais e que possui pouco índice de rejeição. “As pessoas estão conhecendo melhor nosso projeto. Temos como base a renovação e o fato de sermos ficha limpa. Não acredito em salvador da pátria e sim que cada um deve fazer o dever de casa”.

Evento reuniu militantes e pessoas que foram conferir as propostas do candidato, no Teatro Dom Bosco (Foto: Paulo Francis)Evento reuniu militantes e pessoas que foram conferir as propostas do candidato, no Teatro Dom Bosco (Foto: Paulo Francis)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions