A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

12/04/2012 08:50

PDT pode se unir ao PMDB sem indicar o vice de Giroto na Capital

Wendell Reis

Dagoberto aguarda documento formal para apresentar a filiados ao PDT

Puccinelli espera que apoio do PDT faça PMDB vencer a eleição no primeiro turnoPuccinelli espera que apoio do PDT faça PMDB vencer a eleição no primeiro turno

O presidente estadual do PDT, ex-deputado federal Dagoberto Nogueira, informou na manhã desta quinta-feira (12) ao Campo Grande News que o PDT pode se aliar ao PMDB sem indicar o vice do deputado federal Edson Giroto (PMDB) para a Prefeitura de Campo Grande.

Dagoberto explica que tem conversado com o governador André Puccinelli (PMDB) quase todos os dias. Porém, aguarda um documento formal do governador André Puccinelli e de Edson Giroto estabelecendo o que o PMDB pode oferecer ao PDT em uma eventual aliança.

Entre os pontos esperados está a indicação de um vice, ajuda aos pré-candidatos a vereador e espaço na Prefeitura. Porém, Dagoberto revela que este acordo não depende, necessariamente, da indicação de um vice na coligação.

Após receber o documento, Dagoberto pretende se reunir com os filiados ao partido para definir se fecha a aliança. Embora Dagoberto ainda espere a indicação de um vice, muitos já comentam que o fato do PDT já ter praticamente anunciado apoio, vá fazer o PMDB oferecer muito menos do que poderia.

Dagoberto explica que foi procurado pelo governador e por Giroto com a alegação de que o PDT seria fundamental para, quem sabe, vencer a eleição já no primeiro turno. Como troca, o governador ofereceu ajuda a Dagoberto “lá na frente”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions