A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/11/2013 14:31

Pedro Chaves insiste, mas PSC continua fora da base de apoio a Bernal

Zemil Rocha
Pedro Chaves diz que PSC está com Bernal, mas presidente do partido nega (Foto: Marcos Ermínio)Pedro Chaves diz que PSC está com Bernal, mas presidente do partido nega (Foto: Marcos Ermínio)

O PSC deve continuar fora da base de apoio do prefeito Alcides Bernal (PP), informou o presidente regional da legenda, Wilson Joaquim da Silva, que promoveu ontem reunião da executiva partidária. “O partido não quer apoiar o Bernal”, afirmou Wilson com todas as letras.

Na última quinta-feira (7), o secretário municipal de Governo, Pedro Chaves (PSC), chegou a anunciar que já estava certa a participação de seu partido no Conselho Político, que será integrado por sete dirigentes partidários e presidido pelo prefeito Alcides Bernal. Chegou a citar o nome de Wilson da Silva.

Hoje, Wilson Joaquim da Silva negou que tenha concordado em participar do Conselho Político e avisou que não indicará nenhum representante. “Estou sem tempo para isso, estou viajando o Estado todo preparando o partido para as próximas eleições”, afirmou Silva. Indagado se pelo menor indicará um representante para o conselho, ele respondeu: “Não vou indicar ninguém”.

Pedro Chaves ainda não conseguiu convencer o presidente regional, Wilson da Silva, nem a vereadora Juliana Zorzo a apoiar o prefeito Bernal, embora diga o contrário. “O PSC Nacional optou desde o início pelo apoio ao prefeito Alcides Bernal, foi o antigo vereador do PSC (Herculano Borges), que teve um “desvio”, a Juliana (Zorzo) seguirá ao nosso lado, de braços dados, sou o presidente de honra do partido”, afirmou Chaves na terça-feira (5).

Wilson da Silva garantiu que Pedro Chaves não tem esse apoio do PSC nacional para a gestão Bernal. “Vocês têm de pedir para ele mostrar que tem apoio da direção nacional. Ele nem conversou”, afirmou o dirigente.

Quanto à vereadora Juliana Zorzo, segundo o presidente do PSC, continua havendo tentativas de cooptação para a base de Bernal. “Tentaram sim integrá-la à base, mas ela vai continuar independente”, assegurou Wilson da Silva. “Se o Bernal não dever nada, estaremos com ele, mas se deve, tem de pagar”, acrescentou.

Segundo Wilson, Juliana Zorzo foi eleita pelo povo e tem beneficiá-lo em sua ação política. Indagado se Bernal não tem beneficiado o povo, podendo assim contar com Juliana, o dirigente partidário respondeu: “Eu tenho conversado com muitos eleitores e tenho ouvido muita reclamação”. Para ele, hoje é muita alta a impopularidade do prefeito, conforme as pesquisas de opinião pública têm demonstrado.

Finalizou, porém, alertando que não tem nada contra o secretário Pedro Chaves. “É uma pessoa inteligente. Assumiu porque quer livrar o amigo dele. O partido não vai repreendê-lo por isso”, disse. Não obstante, lembrou que a decisão de ingressar no primeiro escalão da administração do prefeito Alcides Bernal foi “pessoal”, não tendo, em nenhum momento, discutido isso com o PSC.

 

 



Loadir tem toda razão, um homem de moral ilibada e histórico de responsabilidade e cidadania como este, sem bote salva vidas vai tentar resgatar náufrago em alto mar..... ???? vai se desgastar um bocado, mas fazer o que ;........
 
regina caseiro em 11/11/2013 09:41:24
É UMA PENA PEDRO CHAVES, DAR SEU NOME A ESSA RIDICULA BAGUNÇA QUE SE TRANSFORMOU A ADMINISTRAÇÃO DE CAMPO GRANDE, VAI SE QUEIMAR POR ISSO, TRISTE MESMO.
CIDADÃ INDIGNADA
 
LOADIR APARECIDA SILVA em 09/11/2013 15:58:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions