A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/02/2009 11:50

PMDB de MS defende candidato próprio à presidência

Redação

O PMDB de Mato Grosso do Sul defende a candidatura própria à presidência da República. "A primeira escolha do PMDB deveria ser candidato próprio em nível nacional", disse o governador André Puccinelli, durante encontro da legenda neste sábado, em Campo Grande.

"Todo partido busca poder para praticar o que o seu programa diz", declarou o governador. A candidatura de um nome da legenda é também defendida pelo deputado federal Waldemir Moka, presidente regional do partido.

No entanto, ambos admitem que o PMDB não tem nome forte em nível nacional, somente nos Estados.

Há comentários no meio político nacional que, se caso o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), não consiga se viabilizar dentro da legenda para ser candidato à presidência, ele pode procurar outros caminhos para garantir candidatura. E um deles seria o PMDB.

Sobre essa possibilidade, André e Moka tem opiniões diferentes. "Apesar de respeitar muito o Aécio, não concordo que o líder de outro partido se filie só para ser candidato".

Já Moka considera que ter Aécio na legenda "é uma ótima idéia", apesar de não achar provável que isso aconteça. Segundo ele, não haveria problemas porque o governador de Minas Gerais acompanhou a trajetória política do avô, Tancredo Neves, que era do PMDB. E por isso, de acordo com Moka, Aécio tem uma ligação com o partido.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions