A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

26/10/2014 17:31

Polícia Militar registra 14 ocorrências e afirma que eleição foi tranquila

Priscilla Peres e Leonardo Rocha

O segundo turno as eleições para governador e presidente em Mato Grosso do Sul foi tranquilo e sem grandes ocorrências policiais, segundo a PMMS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul). No total, 150 policiais do batalhão de choque estão trabalhando neste domingo.

O comandante geral da PMMS, Walter Godoy, acompanha a apuração dos votos, que começou às 17h, na sede do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral) em Campo Grande e afirma que durante a votação o movimento foi tranquilo.
Segundo Godoy, foram registradas 14 ocorrências policiais em todo o Estado, sendo a maioria relacionada a transporte irregular de eleitores e boca de urna. Ninguém foi preso pela Polícia Militar durante o dia.

Em relação ao vereador Ayrton Araújo (PT) que foi acusado de boca de urna ou compra de votos na Escola José Barbosa Rodrigues, no Bairro Universitário, o comandante da PM disse que ele apenas foi conduzido para a PF (Polícia Federal) para dar explicações sobre o caso, mas não chegou a ser preso.

Homens da PM vão continuar acompanhando o movimento das ruas durante a apuração e depois que o governador for decidido. "De 15 a 18 viaturas estão a disposição e os policiais vão rodar pelas ruas depois da apuração e principalmente quando for definido o vencedor", explica Godoy.

A polícia ainda dará assistência nos locais de apuração dos votos e depois, se houver carreata e as comemorações.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions