A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

03/02/2014 14:44

Por campanha, Chaves deixa Bernal até maio com mais de 14 aliados

Kleber Clajus
Com suplência no Senado, articulador de Bernal sai até maio para ajudar Delcídio (Foto: Marcos Ermínio)Com suplência no Senado, articulador de Bernal sai até maio para ajudar Delcídio (Foto: Marcos Ermínio)

O secretário de Governo e Relações Institucionais de Campo Grande, Pedro Chaves, fica até maio no cargo para ajudar no aumento da base do prefeito Alcides Bernal (PP), supostamente com 14 vereadores, na Câmara Municipal. A saída tem o objetivo de se dedicar exclusivamente a campanha do senador petista Delcídio do Amaral ao governo do Estado.

“Devo sair entre abril e maio. Tenho que ajudar o Delcídio e visitar as prefeituras, até porque eu pretendo ir para o Senado conhecendo detalhadamente as angústias, necessidades de cada uma”, pontua Chaves, que é primeiro suplente de Delcídio e torce pela eleição do petista nas eleições deste ano.

O próprio secretário diz que entre os nomes cotados para sua substituição está o dos petistas Marcos Alex e Thaís Helena, bem como outros “nomes maravilhosos” os quais Bernal deverá decidir.

Antes de sua saída, no entanto, Chaves assegura que irá deixar a casa em ordem. Ele diz que já dispõe do apoio de 14 dos 29 vereadores que compõe o legislativo, com possibilidade de ampliar o número. Por outro lado, os nomes são mantidos em sigilo.

“Não posso citá-los nominalmente para que não haja desgaste entre o vereador e o partido antes da hora”, explica.

Nesta semana, três partidos tem reunião agendada com o secretário, na tarde de quinta-feira (6). O objetivo é discutir estratégias para a administração progressista.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions