A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/01/2015 12:38

Prefeito pode desapropriar área no Noroeste para moradores de favela

Kleber Clajus
Olarte não descarta desapropriação de área no Noroeste (Foto: Marcelo Calazans)Olarte não descarta desapropriação de área no Noroeste (Foto: Marcelo Calazans)
Área de transferência de 200 famílias é questionada na Justiça  (Foto: Marcelo Calazans / Arquivo)Área de transferência de 200 famílias é questionada na Justiça (Foto: Marcelo Calazans / Arquivo)

O prefeito Gilmar Olarte (PP) não descarta a possibilidade de desapropriar área no Jardim Noroeste destinada a transferência dos moradores da favela Cidade de Deus. Liminar do juiz Waldir Peixoto Barbosa, deferida durante o plantão do judiciário em 30 de dezembro, reintegrou a posse de 7.440 metros quadrados ao aposentado Arthur Altounian.

“Tenho o poder de desapropriar e indenizar. Vou mandar os secretários verificarem e se houver qualquer coisa nesse sentido, pelo bem do interesse comum da população nós faremos a desapropriação. Não acredito que fariam isso sem um levantamento completo”, disse Olarte, em visita a unidade de saúde nesta segunda-feira (5).

Na ação judicial, o aposentado alega ser dono do terreno há 40 anos e que a área foi invadida pela prefeitura de Campo Grande, que terraplanou o local para posterior pavimentação asfáltica, além de solicitar instalação de 21 hidrômetros e 22 postes de energia elétrica.

A ida da favela Cidade de Deus, no bairro Dom Antônio Barbosa, saída para Sidrolândia, ao Jardim Noroeste, saída para Três Lagoas, foi definida pela Justiça em 5 de dezembro de 2014. O processo tem previsão de ser concluído até 15 de janeiro.

Além dos 25 quilômetros de distância, o desafio é dotar o novo endereço com infraestrutura, escola, atendimento médico e linhas de ônibus para atender as 200 famílias. Tanto os moradores da favela quanto os do bairro reclamaram da transferência.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions