A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

06/01/2015 19:56

Presidente da Fundtur pede 48 horas para provar inocência na Justiça

Daniel Machado
Nelson Cintra diz que provará que não há nenhum condenação nos processos movidos contra ele quando ainda era prefeito de Porto Murtinho (Foto: Divulgação)Nelson Cintra diz que provará que não há nenhum condenação nos processos movidos contra ele quando ainda era prefeito de Porto Murtinho (Foto: Divulgação)

Recém-nomeado para a presidência da Fundação de Turismo, o ex-prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra Ribeiro, disse ao Campo Grande News que recorreu em todos os processos que tramitam contra ele na Justiça e que irá se pronunciar a respeito dentro das próximas 48 horas.

“Já entrei em contato com o meu advogado e, assim que a justiça reabrir (os órgãos forenses voltam de recesso nesta quarta-feira, 7), apresentarei um documento ou certidão comprovando que recorri em todos os processos e que está tudo em grau de recurso”, disse.

“Farei isso nas próximas 48 horas para tranquilizar a população e o governador, com quem já conversei por telefone e disse confiar em mim”, acrescentou.

“Todos nós que ocupamos cargos públicos no Executivo corremos riscos por contas desajustadas, pequenos erros e eu não sou diferente. Mas tenho uma história de oito anos na vida pública, sendo eleito e reeleito em Porto Murtinho e tendo feito uma gestão premiada, tenho um nome a zelar”, finalizou.

Processos - O ex-prefeito de Porto Murtinho questiona a informação de que foi condenado pelo TCE (Tribunal de Contas Estadual) por cometer diversas irregularidades em sua gestão enquanto chefe do executivo. 

Ele teria cometido irregularidades nas prestações de contas e licitações em 2012 e obrigado a devolver aproximadamente R$ 321 mil aos cofres públicos.

Há ainda outros dois processos de irregularidades em licitação e o valor a ser devolvido seria superior a R$ 1 milhão.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions