A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

31/08/2015 12:34

Presidente promete que Câmara não será obstáculo à nova gestão de Bernal

Aline dos Santos e Leonardo Rocha
Bernal (sentado à cabeceira da mesa) se reuniu com vereadores hoje.( Foto: Fernando Antunes) Bernal (sentado à cabeceira da mesa) se reuniu com vereadores hoje.( Foto: Fernando Antunes)

Responsável pela cassação de Alcides Bernal (PP) em março de 2014, o Poder Legislativo promete apoio à nova etapa de sua gestão, iniciada no último dia 25, quando foi reconduzido ao cargo de prefeito de Campo Grande. Nesta segunda-feira, no Paço Municipal, Bernal se reuniu com o presidente da Câmara Municipal, Flávio César (PTdoB) e 12 vereadores. O prefeito não falou com a imprensa.

“Houve conversa para que a prefeitura tenha apoio da Câmara Municipal porque vive uma situação financeira muito delicada. O Bernal apresentou as contas, que estão em péssimas condições. Precisa de economia de gastos, cortes, revisão de contrato”, afirma Flávio César.

Ele definiu a reunião de hoje como um segundo passo. Pois o primeiro foi dado por Bernal, que visitou a Câmara na semana passada e propôs diálogo. O presidente da Casa de Leis garantiu que vai ajudar no que for preciso. “Vai ser um trabalho em quatro mãos. Passamos ao prefeito que Câmara não será obstáculo à sua administração”, diz.

Tema mais polêmico, a possibilidade de a Câmara recorrer da decisão judicial que reconduziu Bernal, teria ficado de fora do encontro. “Não conversamos sobre esse assunto, que está com a Procuradoria Jurídica da Câmara. Vamos esperar o parecer da procuradoria e então fazer reunião entre os vereadores para saber que procedimento adotar, recorrer ou não. Se for necessário, podemos até levar a discussão para plenário”, salienta Flávio César.

O vereador Roberto Santana dos Santos (PRB), o Betinho, avalia que a Câmara entendeu que esse é um novo momento e que precisa ter boa relação com Bernal. “Estamos em um momento difícil, delicado, diferente de quando o Bernal entrou. Temos que trabalhar junto”, diz.

Para Betinho, que logo se aliou ao prefeito, a Câmara não deveria recorrer e deixar Alcides Bernal concluir o mandato. Inicialmente, a reunião seria somente com os parlamentares da Mesa Diretora, porém foi ampliada para o vereador que quisesse participar.

Também compareceram José Chadid (sem partido); Luiza Ribeiro (PPS); Marcos Alex (PT); Carlos Augusto Borges (PSB), o Carlão; Ayrton Araújo (PT); Waldecy Batista Nunes (PP), o Chocolate; Magali Picarelli (PMDB); Derly dos Reis de Oliveira (PP), o Cazuza; Delei Pinheiro (PSD); Thaís Helena (PT); e Eduardo Cury, que vai substituir Paulo Pedra (PDT), na Câmara. Pedra assumiu a secretaria de Governo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions