A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/09/2013 15:18

Primeira deliberação da CPI do Calote será o pedido de destituição de Elizeu

Zemil Rocha
Antes de discutir relatório, CPI do Calote vai analisa pedido de destituição de Elizeu (Foto: arquivo)Antes de discutir relatório, CPI do Calote vai analisa pedido de destituição de Elizeu (Foto: arquivo)

Com relatório pronto, CPI do Calote vota amanhã, antes mesmo de conhecer o documento, a destituição de Elizeu Dionízio (PSL) solicitada pelo líder do prefeito na Câmara de Campo Grande, vereador Marcos Alex (PT). O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Calote, vereador Paulo Siufi (PMDB), informou esta tarde que seu primeiro ato amanhã, ao abrir a reunião, será julgar o pedido do petista.

“Amanhã, às 9 horas, vou abrir a reunião da CPI julgando o pedido do vereador Marcos Alex da exclusão do vereador Elizeu Dionízio. Se proceder e for votado pela maioria, o relatório cai por terra e vamos pedir a outra pessoa para ser relator”, revelou Paulo Siufi.

Trata-se na verdade de um ato formal, visto que a possibilidade de o relator Elizeu Dionízio ser destituído é remota. O próprio Siufi opina nesse sentido: “Pelo que avaliei não vi nada no pedido do Alex que pudesse ser contrário à permanência do Elizeu como relator. Mas como magistrado, vou colocar em votação”.

Marcos Alex pediu o afastamento de Elizeu Dionízio da CPI do Calote por entender que há "impedimento" em razão do grau de conflito que ele teria estabelecido com relação ao prefeito Alcides Bernal (PP). O pedido foi apresentado após Elizeu chamar Bernal de "ladrão", da tribuna da Câmara, ao falar sobre desvio de recursos da alimentação de crianças dos Centros de Educação Infantil (CEINFs), a cargo da empresa Salute.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions