A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/09/2015 12:44

Primeira reunião da Comissão de Ética é adiada por motivo de doença

Antonio Marques
Vice-presidente da Comissão de Ética, o vereador Chiquinho Teles, disse que a primeira reunião foi adiada para a próxima semana por motivo de doença do presidente (Foto: Marcos Ermínio)Vice-presidente da Comissão de Ética, o vereador Chiquinho Teles, disse que a primeira reunião foi adiada para a próxima semana por motivo de doença do presidente (Foto: Marcos Ermínio)

A primeria reunião da Comissão de Ética da Câmara Municipal, criada na última terça-feira, 8, para apurar a conduta de quebra de decoro de nove vereadores, em razão serem investigados pelo MPE (Ministério Público Estadual) por compra de votos para caçar o mandato do prefeito Alcides Bernal (PP), em março de 2014, que aconteceria hoje, 10, foi adiada para a próxima semana, por motivo de doença do presidente vereador João Rocha (PSDB).

Com a publicação da criação da Comissão no Diário Oficial de Campo Grande de ontem, 9, a primeira reunião aconteceria hoje, mas segundo o vice-presidente vereador Chiquinho Teles (PSD), com a impossibilidade de participação do presidente por motivo de doença, os integrantes preferiram deixar para a próxima semana, em dia a ser marcado. “Também aguardamos um parecer da Procuradoria da Casa para orientar nosso trabalho”, lembrou Teles.

Com isso, os trabalhos de análise dos documentos enviados pelo Gaeco e a marcação dos depoimentos dos nove vereadores investigados: Mario Cesar (PMDB); Edil Albuquerque (PMDB); Airton Saraiva (DEM); Waldecy Batista Nunes (PP), o Chocolate; Gilmar da Cruz (PRB); Carlos Augusto Borges (PSB), o Carlão; Edson Shimabukuro (PTB); Paulo Siufi (PMDB) e Jamal Salem (PR). Ao todo, o Poder Legislativo municipal tem 29 vereadores.

A Comissão de Ética é formada pelos parlamentares João Rocha (PSDB) – presidente; Chiquinho Teles (PSD) – vice-presidente; os membros Vanderlei da Silva Matos, Vanderlei Cabeludo (PMDB); Airton Araújo (PT) e Herculano Borges (SD). O relator será escolhido após o início dos trabalhos, dependendo da quantidade de processos a serem abertos.

O Campo Grande News ligou para o vereador João Rocha para saber de seu estado de saúde e obter mais detalhes sobre a data da reunião, mas ele não atendeu a ligação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions