ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 25º

Política

Processante ouve 11 pessoas e define futuro de Bernal em dezembro

Por Leonardo Rocha e Kleber Clajus | 08/11/2013 11:25
Processante ouve 11 pessoas e define futuro de Bernal em dezembro

A Comissão Processante apresentou hoje em entrevista coletiva o nome de 11 pessoas que irão prestar depoimento de defesa e acusação em relação à administração do prefeito Alcides Bernal. As audiências começam no dia 13 de novembro (quarta) e esse encerram dia 25, com o depoimento do prefeito.

Dez testemunhas foram indicadas pelo prefeito, entre elas os representantes das empresas Salute, Megaserv e Jagás, além dos secretários municipais: Thais Helena, José Chadid, Wanderlei Ben Hur, Ricardo Ballock, Kátia Maria Moraes, Ivandro Correa Fonseca e Gislaine do Carmo. A comissão incluiu ainda o proprietário da empresa MDR Distribuição de Alimentos, Mamed Dib.

“Os depoimentos irão acontecer no plenário da Casa e os integrantes irão se dedicar exclusivamente ao trabalho, inclusive deixando de participar de algumas sessões legislativas”, destacou o presidente da Comissão, o vereador Edil Albuquerque (PMDB).

Já o relator da Comissão, o vereador Flávio César (PT do B), destacou que após os depoimentos, o prefeito terá cinco dias para apresentar sua defesa final e encaminhar ao grupo de trabalho.

Datas – Os depoimentos irão começar no dia 13 de novembro às 9h com o representante da empresa Salute, Érico Chevine. Depois às 10h, os vereadores ouvem o proprietário da Jagás, Elton Luiz Crestani.

No período da tarde, a partir das 14h, Milton Felice, representante da MegaServ, prestar depoimento. Finalizando o primeiro dia de audiências, o dono da empresa MDR Distribuição de Alimentos, Mamed Dib esclarece as dúvidas da comissão às 15h.

No dia 19 de novembro, às 14h, o secretário de saúde, Ivandro Corrêa Fonseca, presta depoimento aos vereadores e depois será seguido pela diretora-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Kátia Moraes Castilho, que concede esclarecimentos às 15h. Encerrando o dia, a Comissão recebe o depoimento da secretária de Assistência Social, Thais Helena, a partir das 16h.

O secretário de administração, Ricardo Ballock, começa os depoimentos no dia 20 de novembro, às 14h e ainda tem a participação, às 15h, do secretário de educação, José Chadid.

Para encerrar a participação dos secretários, Wanderlei Ben Hur irá prestar depoimento no dia 21 de novembro, a partir das 14h e depois é sucedido pela coordenadora geral da Central de Compras, Gisele do Carmo.

O depoimento do prefeito Alcides Bernal (PP) está marcado para o dia 25 de novembro, às 14h, no entanto o regimento prevê que ele poderá enviar um procurador no seu lugar.

Decisão – Flávio César destacou que a Comissão Processante deve fazer seu relatório final e encaminhar ao plenário, onde cada vereador irá analisar seu voto baseado no que for comprovado na investigação.

“Este trabalho é isento com amplo direito de defesa, que visa a legalidade dos fatos, esperamos terminar os trabalhos antes do recesso parlamentar que começa dia 22 de dezembro, apesar do prazo terminar apenas no dia 17 de janeiro”, destacou.

O relator da Comissão voltou a dizer que o foco das investigações se concentra nas contratações emergenciais que foram citadas na CPI do Calote.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário