A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/05/2011 15:19

Projeto prevê remuneração para PMs entre R$ 1,3 mil e R$ 17,3 mi

Marta Ferreira

O projeto de reajuste da Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, que começou a traminar hoje na Assembleia Legislativa, prevê que o menor subsídio para os integrantres da corporação fique em R$ 1.320, para um soldado já incorporado. O maior subsídio, de coronel, passa a ser de R$ 17,3 mil.

A mensagem do governador André Puccinelli (PMDB) sobre o aumento da Corporação chegou à Casa hoje, mas já havia sido discutida com a categoria, em reunião na qual o governo acentou com reajuste de até 9,24%.

O projeto encaminhado à Assembleia traz duas tabelas diferentes de subsídio.

A primeira é para os militares que, na administração de Zeca do PT assinou um acordo relativo a correções salariais que eram cobradas na Justiça. Essa tabela tem subsídios menores, que variam de R$ 1320 para os soldados em início de carreira, e até R$ 8,9 mil para os coronéis.

A outra tabela, dos militares que não aceitaram o acordo e esperaram a Justiça determinar as correções salariais, tem subsídios que variam de R$ 1.780, para os soldados, até R$ 17,3 mil, para os coronéis em fim de carreira.

Também são fixados os valores de ajuda de custo, que vão de R$ 520 até R$ 2,7 mil, e ainda os valores pagos aos alunos de cursos de formação de policiais.

A remuneração começa com R$ 1,3 mil para alunos soldados e vai até R$ 5,6 mil, para os aspirantes a oficiais.

O projeto agora segue para a análise da CCJR (Comissão de Constituição Justiça e Redaçã) e depois para a votação do plenário.

Puccinelli se reúne com militares e propõe reajuste de até 9,24%
Categoria reivindicava antecipação da tabela de 2013, que foi negadaDurante reunião com militares, ontem à noite, em Campo Grande, o governador Andr...
Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


Caio, o mesmo direito que uma pessoa formada tem, uma de nivel médio tambem tem, sendo que o mesmo por ter menos graduação sai em desvantagem didatica.
Mas se o candidato de nivel SUPERIOR não esta superando os de nivel médio ai sim é uma vergonha ....
 
Samuel Santana em 12/05/2011 07:54:10
Governantes do nosso Mato Grosso do Sul,por favor vamos valorizar nossos policiais militares,homens bravos que enfrentam o perigo a todo momento para levar o pão para sua familia,vamos valorizar com significativas melhorias salariais e correção das defasagens.
 
antonio luis em 12/05/2011 07:21:28
Esse aumento salarial para praças é a piada mais engraçada que já ouvi neste ano!
Uma vergonha!
 
Rudi Carlos em 11/05/2011 10:35:22
É uma vergonha o salario do policial militar em MS
 
Alex Jhonny em 11/05/2011 05:40:51
o concurso para oficiais é requisito no minimo ensino médio, isto para passar no concurso, agora para ser oficial efetivo é necessário o curso superior, pois os três anos que passa na academia como cadete é curso superior reconhecido pelo MEC, onde se tem aulas diuturnamente, além das disciplinas especificas tem direito penal, processo penal, direito administrativo, constitucional, civil, criminalistica, medicina legal e outras, tanto que após ser declarado aspirante a oficial muitos abonam matérias nos cursos de direito.
 
Maria Ester em 11/05/2011 05:06:08
Uma vergonha para a nação o concurso para Oficial da Polícia Militar ter exigência de nivel médio, sendo necessário o estudo de quimica, física, história, geografia, etc, todos sabemos que tal cargo necessita em caráter de urgência que o candidato tenha nivel superior, bem como na preparação para o concuuso o candidato deveria estudar matérias relacionadas com a função, a qual exercerá, ou seja, penal, processo penal, direito administrativo, constitucional, portugues, como é a exigência na Polícia Civil e na Policia Federal, dessa forma os oficiais teriam o minimo de conhecimento legislativo, para assegurar o direito constitucional de todos, o que seria ótimo para a nação.

 
Caio Magno Couto em 11/05/2011 04:27:38
e o concurso da PM para aumentar o efetivo, sai ou nao esse ano?!
 
Pedro Junior em 11/05/2011 03:33:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions