A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

19/07/2017 10:57

PSDB lamenta morte e diz que Silveira prestou bons serviços à sociedade

Leonardo Rocha
Cristóvão Silveira, com sua esposa, Fátima de Jesus Diniz Silveira (Foto: Reprodução - Facebook)Cristóvão Silveira, com sua esposa, Fátima de Jesus Diniz Silveira (Foto: Reprodução - Facebook)

A direção estadual do PSDB emitiu uma nota de pesar onde lamenta a morte do ex-vereador Cristóvão Silveira, que foi assassinado ontem (18), junto com sua esposa, Fátima Silveira, em seu sítio, em Campo Grande. Também destaca que ele foi atuante no legislativo e prestou "relevantes serviços" à sociedade.

O partido ressalta que Silveira foi presidente municipal do PSDB em Campo Grande e que foi dentro da legenda, que teve atuação relevante na Câmara Municipal, com projetos de destaque que contribuíram com a sociedade, como a lei que obriga o uso de cito de segurança na Capital e a "Cantina Saudável", que proíbe venda de guloseimas nas escolas públicas e privadas.

Também destacou que Silveira coordenou diversas campanhas de candidatos tucanos, deixando de a vida política em 2012, quando resolveu não tentar a reeleição para o seu sexto mandato na Capital. Formado em administração de empresas, Cristóvão era natural de Bela Vista e iria completar 66 anos no próximo dia 25 de julho.

Luto - A Câmara Municipal de Campo Grande decretou luto de três dias pelo falecimento do ex-vereador e inclusive deixou o plenário do legislativo a disposição da família, no entanto esta decidiu realizar o velório no Cemitério Parque das Primaveras, a partir das 13h.

Caso - O ex-vereador e a mulher dele foram encontrados mortos por volta das 20h de ontem (18), na chácara onde moravam, no km 24 da MS-80, na saída para Rochedo, em Campo Grande. O corpo da mulher foi parcialmente queimado.

Três envolvidos no roubo, que terminou com a morte do ex-vereador Cristóvão Silveira e a mulher dele, Fátima Silveira, já foram presos pelo Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) e por policiais do Batalhão de Choque. A caminhonete L-200, que foi roubada, seria levada para Bolívia. A informação é de que o veículo chegou em Corumbá e foi apreendida.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions