A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

19/07/2017 10:30

Câmara Municipal decreta luto de 3 dias pela morte de ex-vereador

Ex-vereador Cristóvão Silveira foi morto ontem em seu sítio

Leonardo Rocha
Câmara Municipal decreta luto pela morte do ex-vereador Cristóvão Silveira (Foto: Assessoria/CMCG)Câmara Municipal decreta luto pela morte do ex-vereador Cristóvão Silveira (Foto: Assessoria/CMCG)

A Câmara Municipal Campo Grande decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-vereador Cristóvão Silveira, assassinado ontem (18), junto com sua esposa, Fátima Silveira, em seu sítio, na saída para Rochedo, na Capital. Ele teve cinco mandatos no legislativo municipal.

Em nota, a Câmara Municipal ressalta que em "sinal de respeito" faz esta homenagem e reconhecimento aos serviços prestados pelo ex-vereador a Campo Grande e a Casa de Leis. Também foi informado que durante este período, as bandeiras do legislativo ficarão hasteadas a meio mastro.

O presidente da Câmara, o vereador João Rocha (PSDB), em nome de todos os parlamentares e funcionários do legislativo, manifestou condolências à família e amigos. "Na certeza de que Deus os consolará e confortará".

O 1° secretário da Casa de Leis, o vereador Carlos Borges (PSB), revelou ao Campo Grande News que os parlamentares ofereceram o plenário da Câmara Municipal à família, para o velório de Silveira e esposa, no entanto eles decidiram realizar a celebração no Cemitério Parque das Primaveras. O horário ainda não está definido.

"Conheci o Silveira ainda na gestão do ex-perfeito Lúdio Coelho, quando exercia a função de secretário de comunicação. Depois viramos colegas de Câmara Municipal e era um amigo, que vai fazer muita falta, fiquei muito triste com esta notícia e chocado com toda esta tragédia", comentou Carlão.

Caso - Assassinado em casa junto com a esposa, o ex-vereador Cristóvão Silveira ia completar 66 anos na próxima terça-feira (dia 25), era natural de Bela Vista, mas fez carreira como vereador em Campo Grande, com cinco mandatos.

Dois dos três envolvidos no roubo, que terminou com a morte do ex-vereador Cristóvão Silveira e a mulher dele, Fátima Silveira, foram presos pelo Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) e por policiais do Batalhão de Choque. A caminhonete L-200, que foi roubada, seria levada para Bolívia. A informação é de que o veículo chegou em Corumbá e foi apreendida.

O ex-vereador e a mulher dele foram encontrados mortos por volta das 20h de ontem (18), na chácara onde moravam, no km 24 da MS-80, na saída para Rochedo, em Campo Grande. O corpo da mulher foi parcialmente queimado.

(Matéria editada às 14h31 para correção de informação)




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions