A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/08/2013 13:02

PT duvida de candidatura do PMDB e não se importa com “comparações”

Leonardo Rocha
Kemp destacou que se houver aliança entre os partidos só terão bons números para apresentar (Foto: Divulgação)Kemp destacou que se houver aliança entre os partidos só terão bons números para apresentar (Foto: Divulgação)

Os deputados que integram a bancada do PT na Assembleia duvidam da candidatura própria do PMDB ao governo estadual, eles acreditam que o partido vai desistir da disputa e apoiar o senador Delcídio do Amaral (PT) na eleição, repetindo a aliança entre as legendas em nível nacional.

Os petistas também ponderaram que não se importam em fazer as comparações entre as gestões do ex-governador Zeca do PT e da atual, do governador André Puccinelli (PMDB). “Precisamos saber se eles vão concorrer, acredito que vão fechar aliança com o senador (Delcídio) assim só teremos bons números tanto do PT como do PMDB para mostrar”, garantiu Pedro Kemp (PT).

Já Cabo Almi (PT) ressaltou que o PT não tem medo das comparações e que se o PMDB quiser não irá fugir do debate dos números. “Vamos enfrentar esta discussão sem problemas, porém será que eles vão sair para disputa?”, questionou. Laerte Tetila (PT) preferiu tomar uma posição mais “amena” ponderando que cada governador enfrentou “tempo” e “contextos” diferentes e que cada um contribuiu para evolução do Estado.

“Não podemos negar que o Zeca do PT criou pólos regionais, aumentou a arrecadação do Estado e investiu em áreas sociais, o André (Puccinelli) continuou com os projetos e também contribuiu com o desenvolvimento”, ressaltou Tetila.

Eduardo Rocha (PMDB) havia afirmado que o PMDB usará esta comparação durante a campanha eleitoral em 2014 e deixará que a população decida qual foi à melhor gestão. “Já temos um estudo preparado para mostrar nossos avanços”, destacou ele.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions