A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

11/03/2013 18:28

Recém criado, Paraíso das Águas corre risco de perder território para Chapadão

Zemil Rocha
Paraíso das Águas só passou a existir oficialmente este ano (Foto: Arquivo)Paraíso das Águas só passou a existir oficialmente este ano (Foto: Arquivo)

Um projeto de lei deve causar muita polêmica na Assembleia Legislativa nas próximas semanas.Trata-se de uma proposta do deputado estadual Paulo Corrêa (PR), que prevê o remembramento de área do município de Paraíso das Águas ao território de Chapadão do Sul, do qual se originou. Recentemente criado, o município de Paraíso das Águas tornou-se o 79ª município de Mato Grosso do Sul.

A preocupação com o projeto é tão grande que o presidente da Assembleia, deputado Jerson Domingos (PMDB), discutiu a proposta esta manhã com o governador André Puccinelli. “Certamente é um projeto que abrirá uma discussão bastante extensa”, revelou Jerson, sem querer, contudo, antecipar sua opinião sobre a matéria.

O projeto está sendo analisado pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, tendo como relator seu presidente, o deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB). Informações preliminares indicam que Trad deverá dar parecer pela inconstitucionalidade do projeto, visto que a área que deixou de ser de Chapadão do Sul para pertencer a Paraíso das Águas passou por toda um roteiro legal, incluindo aprovação das populações afetadas com plebiscito realizado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Paraíso das Águas começou a existir oficialmente como município no dia 1º de janeiro de 2013. Atualmente com cerca de quase 5 mil habitantes, Paraíso das Águas foi transformado em município no dia 3 de dezembro de 2009. São 62 km de distância de Costa Rica em estrada de terra. A distância aumenta quando o percurso é feito pelo asfalto, chegando a 115 km.

O primeiro prefeito de Paraíso das Águas, Ivan da Cruz Pereira (PMDB), conhecido como Ivan Xixi, foi eleito no ano passado, juntamente com nove vereadores. Paraíso das Águas deve arrecadar entre R$ 1 milhão e R$ 1,2 milhão com impostos por mês.

 

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


Acredito que o mesmo deve acontecer com o Distrito de Anhanduí , se houver a emancipação agora, pois acredito que o Distrito ainda não tem condições de se tornar um municipio...Falta muita infra estrutura, não tem empregos e não terá condições de manter uma maquina administrativa...Vai viver com o caneco na mão mão pedindo esmola para a capital ou para ao Estado...
 
JulioAnibal Gonzales Benites em 12/03/2013 15:20:57
Não me sai da lembrança quando Paraiso pertencia o municipio de Paranaiba m.s era um ditrito do municipio de Pba...
 
Mário Galvão Dantas em 12/03/2013 07:32:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions