A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

22/12/2014 12:16

Reinaldo anuncia hoje secretários que terão que cumprir metas

Leonardo Rocha
Azambuja divulga hoje todo o time de secretários para iniciar trabalho em 2015 (Foto: Alcides Neto)Azambuja divulga hoje todo o time de secretários para iniciar trabalho em 2015 (Foto: Alcides Neto)

O governador eleito, Reinaldo Azambuja (PSDB), irá anunciar nesta segunda-feira (22), por volta das 15h, todos os secretários que irão compor a sua administração, a partir de 2015. Estes selecionados, descritos por ele como escolhas técnicas, terão que assinar um documento, onde devem cumprir metas estabelecidas por cada pasta. Aqueles que não tiveram o resultado esperado, serão substituídos.

Azambuja já confirmou os titulares da Secretaria de Governo, Casa Civil, Infraestrutura, Assistência Social, Segurança Pública e Fazenda. São eles respectivamente Eduardo Riedel, Sérgio de Paula, Marcelo Miglioli, Rose Modesto, Sílvio Maluf e Márcio Monteiro.

O novo governador ponderou que as escolhas são técnicas, em contato com os partidos aliados, que segundo ele, também possuem quadros preparados para assumir pastas na sua gestão.

Reinaldo anunciou que todos terão que assinar documento se comprometendo a cumprir metas, para evoluir cada secretária. "Aqueles que não conseguirem, nós vamos trocar e colocar outro no lugar".

Entre os nomes que já sinalizaram que vão fazer parte deste grupo, estão Nelson Tavares (Saúde), Maria Cecília Amendola (Educação), Ademar da Silva Júnior (Produção e Agricultura Familiar), assim como Felipe Matos (Assessoria Jurídica).

O coordenador da campanha tucana, Carlos Alberto Assis, também está cotado para ficar a frente do Detran-MS, mas pode assumir outra pasta estratégica para Azambuja. Walter Carneiro Junior é favorito para Sanesul, assim como os ex-prefeitos Dirceu Albertoni (Fundesporte) e Nelson Cintra (Fundação de Turismo), além de Maria do Carmo Avesani, para Secretaria de Habitação.

Os partidos que estiveram desde o 1° turno com o governador eleito, também devem indicar nomes para assumir secretarias ou fundações do governo, entre eles devem estar Alessandro Menezes (SD), Athayde Nery (PPS), assim como representantes do PSD e DEM. Entre os critérios de escolha de Azambuja, está a confiança e capacidade técnica dos secretários.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions