ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  04    CAMPO GRANDE 16º

Política

Reinaldo propõe unificar preços de insumos da saúde em encontro no RS

Proposta foi feita ao governadores que fazem parte do grupo, que se reuniu nessa terça-feira

Por Nyelder Rodrigues | 15/06/2021 19:03
Reinaldo Azambuja sugeriu a criação de ações em saúde conjuntas ao Ministério da Saúde (Foto: Itamar Aguiar/Governo do RS)
Reinaldo Azambuja sugeriu a criação de ações em saúde conjuntas ao Ministério da Saúde (Foto: Itamar Aguiar/Governo do RS)

Durante o encontro de governadores do Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul) nesta terça-feira (15), o sul-mato-grossense Reinaldo Azambuja (PSDB) sugeriu a elaboração de uma ata nacional de registros de preços para que seja feita de forma mais prática a compra de insumos e equipamentos na área da saúde.

O dispositivo, segundo o governador, seria gerido pelo Ministério da Saúde. "Está muito difícil essa questão dos insumos, principalmente kit intubação. Propor uma ata nacional, de registro de preços pelo Ministério, orquestrada e organizada, que possa ter a aderência de todos os estados brasileiros", frisa o governador.

Reinaldo ainda reclamou que os laboratórios se aproveitam do momento para subir os preços, pressionando estados e municípios que precisam adquirir tais produtos com a maior celeridade possível. "Se o Ministério unificasse atas de registros de preços nacionalmente facilitaria muito a tomada de decisão na compra".

Além disso, outra ideia apresentada por Azambuja foi referente a uma pactuação nacional para reduzir filas de cirurgias eletivas que estão represadas e vão surgir após o controle da covid-19 no país - tais estão suspensas por causa da crise sanitária.

Reinaldo participou do encontro nesta tarde de terça-feira (15) no Palácio Piratini, sede do Governo do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre (RS). A agenda também serviu para negociar outros interesses do Estado no sul do país.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário