A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

24/11/2014 10:50

Riedel diz que não é ético assumir secretaria e continuar na Famasul

Kleber Clajus e Leonardo Rocha
Presidente da Famasul, Eduardo Riedel cogita deixar entidade para assumir a Casa Civil (Foto: Marcelo Calazans)Presidente da Famasul, Eduardo Riedel cogita deixar entidade para assumir a Casa Civil (Foto: Marcelo Calazans)

O produtor rural Eduardo Riedel avalia que não será ético permanecer no cargo de presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), caso seja confirmado como chefe da Casa Civil no governo de Reinaldo Azambuja (PSDB). Integrante da equipe de transição, ele diz que ainda não tomou uma decisão.

“Estou fazendo minha avaliação junto a Famasul e, mesmo que não haja impedimento legal, não acho ético permanecer nas duas [funções]. Vou ter que fazer uma escolha”, pontuou Riedel, que preside a entidade desde 2010 e foi confirmado para a Casa Civil durante anúncio da equipe de transição do governo Reinaldo Azambuja (PSDB).

Atualmente a federação a qual lidera agrega 69 sindicatos rurais do Estado e, caso o afastamento se confirme, passará a ser comandada pelo 1º vice-presidente, Nilton Pickler.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions