A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

14/02/2009 10:40

Rivais, Moka e Valter prometem "disputa de companheiros"

Redação

Discursos afáveis e cordiais uniram, hoje, os peemedebistas Waldemir Moka e Valter Pereira, rivais na disputa pelo Senado em 2010.

Se nas declarações à imprensa cada um atribuiu para si o apoio do governador André Puccinelli, hoje, no encontro do PMDB, ambos esbanjaram elogios para afirmar que farão uma disputa de companheiros.

"Não preciso 'desilustrar' meu companheiro por causa dessa disputa. Temos maturidade suficiente", assegura o deputado federal Waldemir Moka, frisando que a amizade entre ambos perdura há 30 anos.

Presidente regional do PMDB, Moka salienta que vai buscar a indicação para concorrer ao Senado de forma democrática. "Sou leal até com meus inimigos. Bato de frente e não dou rasteiras".

Valter Pereira, por sua vez, afirma que prioriza o trabalho para que a reeleição venha de forma natural, "como as águas correm nos rios". O senador aponta que está se dedicando a atender os municípios. Valter é pai do novo presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Beto Pereira.

"Tenho boa influência dentro do PMDB e o partido não vai me faltar nessa hora", avalia.

Para Valter Pereira, a disputa com Moka será realizada tendo o respeito como parâmetro. "Vamos fazer uma disputa canalizada. Não vai perder o caráter de uma disputa de companheiros". Neste sábado, no buffet Romeu e Julieta, o encontro do PMDB reúne lideranças do partido e prefeitos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions