A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/08/2009 14:26

Secretário de Comunicação de Artuzi pede demissão

Redação

O assessor de Comunicação da Prefeitura de Dourados, Eleandro Passaia, pediu demissão ontem ao prefeito Ari Artuzi (PDT). O Campo Grande News apurou que o jornalista foi convidado para trabalhar na sucursal da TV Record em Dourados. Os boatos sobre a possível saída de Passaia começaram há pelo menos três semanas, mas o pedido oficial de demissão foi feito apenas ontem.

Como o cargo ocupado por Eleandro Passaia tem status de secretário, será o décimo integrante do primeiro escalão da prefeitura a deixar a equipe de Artuzi em sete meses. Antes, saíram Edvaldo Moreira da Secretaria de Saúde, em abril, sete foram demitidos após a Operação Owari da Polícia Federal e Roberto Razuk Filho, o Neno, deixou a Secretaria de Planejamento no dia 13 de julho após o rompimento político de sua mãe, a vereadora Délia Razuk (PMDB), com o prefeito Ari Artuzi.

Natural de Cascavel (PR), Eleandro Passaia iniciou a carreira aos 17 anos como locutor da Rádio Enauã, de Guarantã do Norte (MT) e atuou como locutor esportivo na TV Nambiquara, também no Mato Grosso.

Ao chegar a Dourados em 1997, Passaia foi repórter da TV Dourados, atual RIT (Rede Internacional de Televisão). Também trabalhou na TV Morena como repórter e apresentador de telejornal. No Japão, onde morou por seis anos, Passaia trabalhou como repórter da Globo Internacional e da Rede Record fazendo documentários sobre o turismo em países asiáticos. Em 2006 atuou como repórter na Sky Perfetc TV cobrindo os jogos da Seleção Brasileira na Copa da Alemanha.

O jornalista voltou a Dourados em 2007. Em 2008 foi coordenador de comunicação e assessor de imprensa da campanha de Ari Artuzi à Prefeitura de Dourados.

Substituto - O nome mais cotado para substituir Eleandro Passaia é o também jornalista Clóvis de Oliveira, atual assessor de imprensa da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e sócio do site "Dourados News".

Oliveira já está conversando com o prefeito e pode aceitar o convite nas próximas horas. Ex-militante do Partido Comunista, Clóvis de Oliveira é jornalista concursado da prefeitura desde 1990. Trabalhou na comunicação da primeira administração Braz Melo (1989-1992) e também atuou na assessoria da Unigran, universidade que tem o atual vice-governador Murilo Zauith (DEM) como presidente de honra.

Também é cotado, mas como opção caso Oliveira não aceite o convite, o atual diretor-presidente da Funced (Fundação Cultural e de Esportes), o jornalista e radialista Antonio Nerez da Silva.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions