A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/05/2015 16:07

Secretário diz que retorna diálogo com servidores nesta semana

Leonardo Rocha
Eduardo Riedel disse que retoma o diálogo com as categorias a partir de quarta-feira (Foto: Arquivo)Eduardo Riedel disse que retoma o diálogo com as categorias a partir de quarta-feira (Foto: Arquivo)
Márcio Monteiro foi mais conservador e disse que reajuste já foi antecipado e superado (Foto: Fernando Antunes)Márcio Monteiro foi mais conservador e disse que reajuste já foi antecipado e superado (Foto: Fernando Antunes)

O secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel, afirmou hoje (03), durante leilão em prol do Hospital do Câncer, que ainda não existe um acordo com os servidores estaduais, a respeito do reajuste salarial, entretanto destacou que retoma o diálogo com a categoria nesta semana, inclusive tendo marcado para quarta-feira (06), uma reunião com os representantes.

“Não definimos esta situação ainda, estamos em discussão interna, na próxima quarta-feira retomamos a conversa com as categorias”, disse ele. Já o secretário estadual de Fazenda, Márcio Monteiro, manteve uma postura mais conservadora, lembrando que a maioria das categorias já tiveram este reajsute no ano passado e que este inclusive até ultrapassou as expectativas.

“Este reajuste foi feito ano passado (2014), tanto que no final do ano teve outro, grande parte dos servidores já foram contemplados”, disse ele. Monteiro ainda ponderou que na sua concepção esta data base já foi antecipada e superada. “Inclusive foi acima da expectativa”, destacou.

Espera – O presidente da Feserp (Federação Sindical de Servidores Públicos, Estaduais e Municipais de Mato Grosso do Sul), Rudney Vera de Carvalho, ressaltou que os servidores este novo contato do governo estadual e que o aumento concedido no ano passado não se tratava de reajuste e sim apenas adequação salarial.

“Esse índice não se refere a um aumento, mas, sim, a uma adequação das distorções salariais que existem entre as diversas categorias de trabalhadores. Naquela época foi feito um acordo para diminuir essas diferenças, que chegavam a 200% ”, ressaltou ele.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions