A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/08/2013 13:20

Secretário faz balanço e garante que a Saúde melhorou na Capital

Leonardo Rocha
Secretário faz balanço de seus projetos na saúde e critica administração passada (Foto: Arquivo)Secretário faz balanço de seus projetos na saúde e critica administração passada (Foto: Arquivo)

O secretário municipal de Saúde, Ivandro Corrêa da Fonseca, fez um balanço dos projetos e programas realizados até agora na prefeitura, entre eles, apontou a formação de equipe móvel, o programa Fila Zero e o projeto Terceiro Turno.

Ivandro fez questão de mencionar durante o programa de rádio “Cruzando Fronteiras” na rádio 97,9, que quando assumiu a pasta a situação estava precária.

Ele destacou que a primeira missão foi epidemia de dengue que se “alastrava” pela cidade, por isso foi formada a equipe móvel.

“Percebemos que tinha pessoas ficando até oito horas para ser atendidas, para melhorar esta questão colocamos um itinerante de médicos, desta forma diminuiu o horário de atendimento, pois monitoramos as unidades e mandamos a equipe onde estiver lotado”, destacou ele.

Em relação ao programa Fila Zero, o secretário destacou que tinha mais de 48 mil pessoas esperando receber atendimento de especialistas. “Colocamos médicos para atender nos finais de semana, ouvimos histórias de pessoas que esperavam esta consulta há quatro anos, já colocamos a disposição ortopedistas, psiquiatras, endócrinos e oftalmologistas”.

Unidades de saúde De acordo com Fonseca, o projeto Terceiro Turno estendeu o atendimento de nove unidades de saúde, que passaram a receber pacientes das 17h até 21h. “Havia esta demanda, por isso o prefeito pediu que tomássemos esta providência”.

O secretário ainda revelou que novos programas serão divulgados neste segundo semestre. “Vamos esperar o prefeito anunciar para que possamos dar os detalhes mais exatos”, apontou.



Se as nossas autoridades não tem competência para melhorar a saúde pública, que pelo menos fiquem calados não tente tapar o sol com a peneira,a nossa sociedade pode até ser ingenua mas não imbecil.
 
porfirio vilela em 11/08/2013 21:55:01
Não sei a qual cidade o "nobre" (?) secretário está se referindo.
Na última terça-feira meu pai compareceu ao posto de saúde do Tiradentes com um quadro de arritmia. Foi feito o encaminhamento ao cardiologista pelo médico de plantão. Na quarta-feira fui fazer a marcação no Posto e, apos os registros, o atendente me disse para aguardar 30 dias. Caso não me ligassem no período, era para voltar lá.
Se a situação for grave, a pessoa morre sem atendimento. E o
 
Carlos Prates em 11/08/2013 18:28:25
Caro secretario Ivandro estudamos juntos e fomos vizinhos,pelo amor de Deus como que voce diz que a saude esta melhor,gostaria muito que voce ou alguem da sua equipe fosse a qualquer Upa e ficasse la por pelo menos umas 12 horas e voce veria se realmente a saude melhorou,essa semana estive com a minha sobrinha na Upa da coronel antonino,cheguei com ela por volta das 14 horas, passando mal,diarreia,vomito,febre alta,ela foi atendida as 21 horas,e voce vem dizer que a saude esta melhor,acorda,eu estou esperando por uma endoscopia a mais de 2 meses,isso porque o médico pediu com urgencia,a saude em Campo Grande nunca esteve pior como agora,lamentavel isso,espero que voce,prefeito e todos governantes tome atitudes urgentes,parem de se preocuparem com picuinhas politicas,e agem rapido.obrigado
 
Eliane Soares em 11/08/2013 13:52:07
Menos, Secretário, menos! Falar que tinha gente esperando há 4 anos por consulta, é brincar com a nossa inteligência, né. Até porque, ou não tinha nada de importante pra aguentar 4 anos, sem morrer, ou não procurou atendimento, pois nesse mesmo período milhões de consultas foram feitas. Só a dessa pessoa que não?
 
luiz inacio de souza em 11/08/2013 13:51:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions