A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/12/2013 18:31

Secretários dão de dedo e um até mostra a língua para “salvar” Bernal

Josemil Arruda
Ballock de dedo em riste discutindo com policial militar na Câmara (Foto: Cleber Gellio)Ballock de dedo em riste discutindo com policial militar na Câmara (Foto: Cleber Gellio)
Djalma fazendo gesto obsceno com o dedo médio na Câmara (Foto: Roberto Higa/Facebook)Djalma fazendo gesto obsceno com o dedo médio na Câmara (Foto: Roberto Higa/Facebook)
Não se contentando com o dedo, Djalma Jardim também usou a língua (Foto: Cleber Gellio)Não se contentando com o dedo, Djalma Jardim também usou a língua (Foto: Cleber Gellio)
Ritva também de dedo em riste discutindo com policiais (Marcos Ermínio)Ritva também de dedo em riste discutindo com policiais (Marcos Ermínio)
Dharleng gritando durante a sessão da Câmara que poderia cassar Bernal (Foto: Cleber Gellio)Dharleng gritando durante a sessão da Câmara que poderia cassar Bernal (Foto: Cleber Gellio)

Quase todos os secretários do prefeito Alcides Bernal (PP) participaram ontem ativamente das manifestações contra o julgamento do chefe do Executivo na Câmara de Campo Grande. Alguns, porém, acabaram se extrapolando, discutindo muito duramente com adversários e até com policiais militares.

Exaltado, o superintendente de Comunicação da Prefeitura de Campo Grande, publicitário Djalma Jardim, chegou a fazer gesto obsceno com o dedo médio. Importado de Santa Catarina por Bernal para sua campanha eleitoral e depois para a chefia da área de comunicação, Djalma também mostrou a “língua” para os opositores do prefeito.

O secretário de Administração, Ricardo Ballock, chegou a discutir de dedo em riste com um policial militar, assim como Ritva Vieira, presidente da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos.

Apesar de ter atuação muito criticada na condução da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e do Agronegócio (Sedesc), Dharleng Campos de Oliveira mostrou que é bom de gogó, tendo gritado muito durante a sessão da Câmara.

Agressões – No final da sessão de ontem, encerrada por determinação judicial, houve até tentativa de agressão contra o prefeito Alcides Bernal. Um homem, se queixando de que seu pai morreu sem conseguir fazer exame no sistema público de saúde, avançou contra Bernal, mas foi contido pelos seguranças.

Após a segunda suspensão da sessão de julgamento do chefe do Executivo na Câmara de Campo Grande, houve várias outras ameaças de brigas, inclusive envolvendo o secretário municipal de Administração, Ricardo Ballock, e a vereadora Luiza Ribeiro. A Polícia Militar impediu a briga, que envolveu também assessores de imprensa do prefeito e do secretário municipal de Saúde, Ivandro Fonseca.

Depois disso, assessores que estavam com o secretário Ballock foram tirar sarro dos assessores dos vereadores devido à derrota na Justiça, que determinou a suspensão da sessão. Os assessores dos vereadores reagiram e disseram que em vez de estarem ali defendendo Bernal deveriam estar trabalhando na prefeitura. A PM também separou os dois grupos. Balock já tinha sumido dali.

 

 

Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...


Eu fico grato ao prefeito Bernal por ter livrado maracaju de um bando de maus carater,pois toda a cupúla do ex prefeito Celso encontram-se na prefeitura da capital,alguem já disse criaram uma republica de maracaju em campo grande.
 
marco antonio em 29/12/2013 07:51:09
BEM TÍPICO DOS ALIADOS DO BERNAL, BADERNA, PALAVRÕES, E MOSTRA DE DEDOS. COISA DE GENTINHA TIPO BERNAL
 
ely monteiro em 28/12/2013 13:54:03
Só uma palavra VERGONHA ....
 
Francisco de Assis em 28/12/2013 08:27:08
Abra os olhos Campo-grandenses, já esta mais que provado que este prefeito não é capaz de administrar nossa capital. Quantas pessoas ele já comprou a troco de cargo? varias! Não somos idiotas e com todo este circo, já foi provado que o Bernal é um palhaço, porem nunca conseguira convencer a população que ele tem um bom caráter. NÃO VOTEI E JAMAIS VOTAREI NO BERNAL, QUEM VOTOU SE ARREPENDEU, AFINAL, SÓ ESTA A FAVOR DELE QUEM GANHOU CARGO. Vamos lutar, fora Bernal!!
 
Yasmin Age em 28/12/2013 07:26:30
E agora me diz: Tudo e pelo povo Campograndesse ou pelo me da la e me ca ?
Ei ta !...como ficam ridiculos defendendo seus bolsos. Hein? Que coisa mais feia!...
 
Vera Lucia Dias em 27/12/2013 21:02:50
todos com medo de perder a boquinha bando de incapazes imcompetentes
 
luiz genesis em 27/12/2013 19:25:03
Que maravilha, já não basta ter um prefeito sem qualificação para o cargo, agora mais do que nunca mostra a qualidade desta administração, os teus secretários que deveriam dar exemplo de compostura e qualificação, demonstraram também que estão despreparados para estarem a frente de uma gestão publica, eita povinho este hein. Hoje me sinto envergonhado como campograndense, pois temos como representantes um bando perdido, pois não há outra qualificação para estes nossos representantes. Este grupo gritavam DEMOCRACIA, mas se quer deram espaço para quem não estavam com eles protestar também, pois partiram para agressão. Agora pergunto a este bando sem comando, ONDE ESTA A DEMOCRACIA DE VOCÊS? creio que nem sabem o que significa isso. O importante são os cargos e outras coisas prometida.
 
Leandro Fernando em 27/12/2013 19:07:38
Se grito valesse para alguma coisa, porco teria vida longa!
 
José Fernandes de Moura em 27/12/2013 18:54:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions