ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Política

Segue para sanção projeto que exige álcool em gel no comércio e hospitais

Intenção é tornar o item obrigatório por lei estadual, sem definir tempo de duração da medida

Por Leonardo Rocha | 29/09/2020 10:30
Álcool em gel disponível no comércio de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami - Arquivo)
Álcool em gel disponível no comércio de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami - Arquivo)

Segue para sanção do governador, o projeto que exige a disponibilização de álcool em gel em repartições públicas, comércio, aeroportos, agências bancárias, hospitais, consultórios, escolas e templos religiosos, assim como clubes e terminais.

A proposta passou por duas votações na Assembleia, tendo o aval dos deputados. A intenção é reforçar por lei estadual a exigência deste meio de higienização. “Todo estabelecimento, público ou privado, que ofereça ou comercialize qualquer tipo de alimento à população”, descreve.

O projeto do deputado José Carlos Barbosa (DEM) ainda destaca que em hospitais públicos e particulares, o item deve estar na disponível nos quartos, enfermarias, banheiros, corredores e área de recepção, assim como atendimento ao público.

Já quando voltarem as aulas nas escolas e universidades, o produto deve estar disponível nos banheiros, corredores e próximos às áreas de alimentação. “O intuito é de combater a proliferação de doenças virais e contagiosas, à exemplo do vírus da gripe H1N1, H3N2, Influenza e do Coronavírus”, descreveu.

O produto já é exigido na maioria das cidades do Estado, por meio de decreto municipal, como forma de prevenção ao contágio da covid-19. A proposta aprovada torna esta medida lei estadual e não estabelece prazo ou tempo de duração.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário