ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 18º

Política

"Sempre foi um aliado", responde Reinaldo sobre ida de Rocha para o governo

Campo Grande News antecipou ontem ida de Rocha para a estrutura administrativa do Estado

Por Nyelder Rodrigues | 09/11/2021 17:04
Reinaldo afirmou durante evento nesta terça-feira que a convite a Eduardo Rocha foi feito sob critérios técnicos (Foto: Chico Ribeiro/Divulgação/GovMS)
Reinaldo afirmou durante evento nesta terça-feira que a convite a Eduardo Rocha foi feito sob critérios técnicos (Foto: Chico Ribeiro/Divulgação/GovMS)

Muitos foram pegos de surpresa com a ida de Eduardo Rocha (MDB) para o quadro do alto escalão do Governo do Estado, mas o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) fez questão de ressaltar durante coletiva de imprensa nesta terça-feira (9) que o deputado estadual sempre se posicionou favorável às pautas tratadas pelo Executivo.

Questionado sobre como surgiu o convite a Rocha, o chefe do Executivo sul-mato-grossense explica que a ideia surgiu da possibilidade de haver remanejamentos no ano que vem no primeiro escalão por motivos eleitorais. "Alguns irão realmente cuidar de questões eleitorais e suas alianças", comenta.

Reinaldo ainda indica que Rocha tem história de sempre caminhar junto ao Governo, em votações necessárias para o equilíbrio do Estado e consideradas impopulares. "A discussão com ele não teve cunho político. Foi técnica".

Para reforçar isso, o governador aponta o trânsito fácil de Eduardo Rocha em vários poderes, tendo bom conhecimento de como eles estão constituídos, além de ser atualmente o vice-presidente da Assembleia Legislativa - Eduardo Rocha também é marido da senadora Simone Tebet, cogitada para participar das eleições nacionais.

 "Sabemos que ele aceitando nosso convite, estaremos bem servidos com a credibilidade e competência dele. Sob o espaço que ele vai ocupar, estamos avaliando e aguardando o sim dele. Aí, vamos comunicar qual espaço ele vai ocupar", conclui Reinaldo.

Mais cedo, em sessão da Assembleia, Rocha confirmou à reportagem do Campo Grande News que irá para o Governo do Estado, mas ainda não sabe qual o destino dele dentro da estrutura administrativa. Para isso, o deputado vai se afastar do cargo na Casa de Leis, assumindo então em seu lugar o suplente Paulo Duarte (MDB).

Nos siga no Google Notícias