A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/10/2013 15:37

Sesai vai coletar dados nas aldeias para melhorar saúde indígena em MS

Zemil Rocha e Bruno Chaves

O coordenador da Secretaria de Saúde Indígena (Sesai/MS), Nelson Carmelo Olazar, informou que tem um plano de trabalho a ser elaborado até 2015 e vai colocar equipe de profissionais em contato com indígenas de Mato Grosso do Sul para colher as principais reivindicações. “Com isso, vamos ver o que pode ser acrescentado nesse plano de trabalho para melhoria da saúde indígena”, disse ele, antes de prestar depoimento na CPI da Saúde, que está realizando audiência na Assembleia Legislativa.

Nelson Olazar considera que atualmente muito se fala sobre saúde indígena, mas poucos conhecem a realidade sobre a estrutura montada no Estado. Segundo ele, a gestão da saúde indígena é compartilhada pela União, Estados e Municípios. Muitas ações do governo federal, através da Sesai, segundo ele, dependem dos demais entes para melhorar o atendimento aos indígenas.

No Estado, a Sesai, que nasceu do desmembramento da Funasa há um ano e meio, possui 1280 profissionais que atendem indígenas. Só em 2012, a Sesai investiu R$ 14 milhões na saúde indígena de Mato Grosso do Sul. “Este ano os recursos são de R$ 21 milhões, dos quais R$ 14 milhões já foram investidos”, afirmou.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions