ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 29º

Política

Simone assume bancada federal com R$ 307 milhões já empenhados

Senadora do MDB pega bancada das mãos de Nelsinho Trad (PSD), também com vários projetos encaminhados

Por Nyelder Rodrigues | 04/08/2021 18:35
Senadores de MS se cumprimentando na primeira reunião de transição de liderança da bancada. (Foto: Divulgação)
Senadores de MS se cumprimentando na primeira reunião de transição de liderança da bancada. (Foto: Divulgação)

Apenas a partir da segunda quinzena desse mês é que Simone Tebet (MDB) estará a frente da bancada sul-mato-grossense de deputados e senadores em Brasília (DF), mas a transição do cargo, ocupado por dois anos e meio pelo senador Nelsinho Trad (PSD), foi iniciada com um encontro entre os dois nessa quarta-feira (4).

Das mãos de Nelsinho, Simone recebeu o balanço de recursos empenhados e todos os projetos encaminhados sob análise e coordenação da liderança de bancada. Ao todo, R$ 307 milhões já estão empenhados para Mato Grosso do Sul com a intermediação da bancada - outros R$ 227 milhões foram liberados nos últimos dois anos.

"Vou trabalhar para manter a união dos nossos parlamentares enquanto estiver à frente da bancada", frisa a senadora sobre a missão de coordenar a bancada. "Esses recursos poderão ser pagos nos próximos meses e repassamos todo o balanço detalhado para a Simone dar continuidade ao trabalho", completa Trad.

Entre as propostas, estão R$ 85 milhões para Corumbá, Ponta Porã e Dourados, custeio em saúde para o Governo do Estado e os recursos do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para o anel rodoviário de Três Lagoas.

São R$ 16 milhões para o anel rodoviário, outros R$ 25 milhões para infraestrutura urbana em Dourados, mais R$ 16 milhões com a mesma finalidade, mas em Corumbá, também R$ 16 milhões para infraestrutura urbana em Ponta Porã, além de R$ 12 milhões para a média e alta complexidade da saúde pública estadual.

Nelsinho Trad entregando para Simone Tebet os documentos sobre os projetos que estão sendo acompanhados pela bancada. (Foto: Divulgação)
Nelsinho Trad entregando para Simone Tebet os documentos sobre os projetos que estão sendo acompanhados pela bancada. (Foto: Divulgação)

Outros R$ 101 milhões estão em minuta de empenho, incluindo o projeto da rodovia Sul-Fronteira, de R$ 78,4 milhões, e a proposta campo-grandense no valor de R$ 22,9 milhões para pavimentação e drenagem nos bairros Tiradentes, Itatiaia e Bosque das Araras, além das obras de pavimentação no Jardim Mansur.

Em análise - Já das propostas que ainda estão em análise e precisam da intermediação da bancada em Brasília para negociar e conseguir liberação, somam mais R$ R$ 99,1 milhões - entre eles R$ 30 milhões para comprar equipamentos de combate à criminalidade, que devem ser recebidos pela pasta de segurança pública do Estado.

Já a educação, espera R$ 4 milhões para a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), R$ 6 milhões para UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e R$ 6 milhões para o IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul).

Por fim, outros dois projetos em andamento para análise somam R$ 22 milhões para a implantação da Day Clinic em Campo Grande e a reforma do CEM (Centro de Especialidades Municipal) na cidade, além da construção do Centro de Comercialização de Produtos para a Feira Municipal, estimado em R$ 15,7 milhões.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário