A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

10/03/2015 18:47

Simone Tebet vai presidir Comissão de Combate à Violência contra a Mulher

Peemedebista foi eleita por aclamação junto da deputada Keiko Ota

Juliene Katayama
Simone Tebet e Bancada feminina no Senado (Foto: Reprodução Facebook)Simone Tebet e Bancada feminina no Senado (Foto: Reprodução Facebook)

Instalada na tarde desta terça-feira (10), a Comissão Mista de Combate à Violência contra a Mulher será presidida pela senadora sul-mato-grossense Simone Tebet (PMDB). A peemedebista foi eleita por aclamação junto da deputada federal Keiko Ota (PSB-SP) que vai ocupar a vice-presidência.

A comissão é formada por dez senadores e 27 deputados federais. A origem foi proposta pela CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) da Violência contra a Mulher, que investigou até 2012 as agressões diretamente relacionadas ao gênero feminino.

Entre as atribuições da comissão, está a de apresentar propostas para a consolidação da Política Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres. Além disso, os parlamentares deverão buscar as possíveis falhas nas ações e serviços da seguridade social e na prestação de segurança pública e jurídica às mulheres vítimas de violência.

Outra comissão - Simone também vai integrar a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), uma das principais comissões do Senado Federal. "Trago a experiência de 12 anos como professora de Direito em universidades públicas de Mato Grosso do Sul e o conhecimento adquirido no Legislativo estadual. Estou me dedicando para estar preparada para as discussões na CCJ", disse no Facebook.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions