A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

21/11/2017 10:32

Sindicalistas se dizem abertos ao diálogo sobre previdência estadual

Paulo Nonato de Souza e Leonardo Rocha
Sindicalistas marcam presença na Assembléia em busca de apoio dos deputados sobre a reforma da previdência Estadual (Foto: Leonardo Rocha)Sindicalistas marcam presença na Assembléia em busca de apoio dos deputados sobre a reforma da previdência Estadual (Foto: Leonardo Rocha)

O setor sindical está aberto ao diálogo e disposto a propor mudanças na reforma da previdência estadual proposta pelo Governo do Estado, disse o presidente do Sinpol/MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul), Geancarlo Miranda, integrante do Fórum dos Servidores Públicos Estaduais.

“Não estamos irredutíveis. Estamos abertos para conversar e eventualmente propor mudanças no projeto”, declarou o dirigente sindical em entrevista ao Campo Grande News, durante ação dos servidores públicos por apoio dos deputados, nesta terça-feira (21), na Assembléia Legislativa.

Sobre a alíquota a ser paga pelos servidores, um dos pontos polêmicos da proposta do governo, que saltaria dos 11% atuais para 14%, Geancarlo Miranda admitiu que isso até pode ocorrer, mas de maneira fracionada para minimizar o impacto do aumento de 3%.

Segundo ele, outro ponto importante que o setor sindical pretende discutir com o governo é sobre a unificação dos fundos de previdência em um único fundo para ser administrado pela Ageprev (Agencia Estadual de Previdencia).

“São dois fundos, um superavitário e outro deficitário. A unificação pode favorecer os servidores do fundo deficitário e prejudicar os outros do fundo superavitário”, comentou ele.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions