A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/03/2014 13:54

Siufi denuncia “coisas absurdas” na saúde e cobra devolução de Iphone

Lidiane Kober e Kleber Clajus
Siufi espera que novo secretário dê agilidade aos trabalhos e resolva pendências (Foto: Cleber Gellio)Siufi espera que novo secretário dê agilidade aos trabalhos e resolva pendências (Foto: Cleber Gellio)

O vereador Paulo Siufi (PMDB) subiu, nesta quinta-feira (20), à tribuna da Câmara para denunciar “coisas absurdas” na gestão de Ivandro Fonseca frente à Secretaria Municipal da Saúde. Segundo o parlamentar, uma ambulância ficou parada, médicos não foram chamados por questão “política” e Ivandro saiu sem devolver "celular Iphone".

“Tem coisas absurdas que aconteceram na saúde. Uma ambulância, que veio do Ministério da Saúde, destinada à Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), ficou parada no pátio de 45 a 60 dias sem ser repassada”, denunciou Siufi.

O vereador afirmou ainda que o ex-secretário da gestão do ex-prefeito Alcides Bernal (PP) deixou de convocar médicos aprovados em processo seletivo por “questão política”. “Tinha concurso com profissionais aprovados e não chamaram por simples questão política. O número de médicos variava entre 60 a 80”, contou.

Celular - Siufi foi ainda mais longe e acusou o Ivandro de não devolver telefone funcional. “Do celular, ele deixou só a caixa do Iphone”. Em junho do ano passado, em oitiva à CPI da Saúde da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB) questionou o secretário sobre celular que não foi devolvido à Maternidade Cândido Mariano.

Na época, Ivandro admitiu que não em entregou o aparelho funcional quando se desligou da instituição, mas garantiu que só ficou com a linha a pedido da direção. “Eles me pediram para ficar com o celular para orientá-los. Eu não podia deixá-los desassistidos”, argumentou.

O diretor-presidente da maternidade, médico ginecologista Alfeu Duarte de Souza, desmentiu o então secretário municipal de Saúde, alegando que não autorizou que o celular funcional da instituição ficasse com ele após seu desligamento da unidade.

Para minimizar a situação, também na época, Ivandro afirmou que iria pagar a conta dos seis meses que fez uso do aparelho indevidamente.

Ainda na tribuna da Câmara, Siufi disse que espera que o novo secretário, Jamal Salem, “tome medidas” para resolver as “coisas absurdas” e pediu para o prefeito Gilmar Olarte (PP) “abrir a caixa” preta da Prefeitura de Campo Grande.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


Tenho a convicção que agora a saúde da nossa Capital terá progresso, pq já estava vergonhoso, e se gestores da adm passada agiram de forma errada que pague por isso SIM!! Não se trata de picuinha como o colega comentou e sim de responsabilizar quem prejudicou o erário público. Parabéns Paulo Siufi continue denunciando e trabalhando por Campo Grande!
 
Giandro Londero em 21/03/2014 11:21:16
Porque o telefone funcional tem que ser um IPhone, que custa mais de R$1000,00, talvez quase R$2 Mil?
 
Romeu Luitz em 21/03/2014 10:26:17
Esse Ivandro, além de deixar uma bagunça a saúde do município, ainda leva o Iphone embora....
Parabéns Paulo Siufi pela iniciativa de sempre, o senhor sempre mostra para o que veio. E continue fiscalizando, para que nossa cidade possa ser referência em saúde no país.
 
Renata Kelly Volpe em 21/03/2014 08:52:01
Esse nosso ex secretário tinha que montar uma loja de celular, vai gostar de pegar celular que não dele assim lá longe. Parabéns vereador mostra como é que se trabalha sério e com resultados que a população de Campo Grande esta com você.
 
Guilherme Augusto Lima em 21/03/2014 08:50:15
Por favor meu vereador, não começe com essas picuinhas. esquece o passado e vamos mirar o futuro. Quem vive de passado e museu. Temos muito o que fazer na nossa Campo Grande, não perde tempo com o que foi feito ou deixou de fazer. O cara já saiu.
 
Adilson Coelho da Silva em 21/03/2014 07:00:37
Finamente as pessoas de nossa cidade tem esperança que o caos da saúde seja resolvido desta vez! Agora vai com Dr Jamal e Dra Lilian e Dr Paulo Siufi ajudando via câmara municipal.
 
Daniel Novaes em 20/03/2014 22:09:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions