A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

15/05/2013 14:39

Sob gestão de Bernal, Lançamento de Tributos ainda está sem chefe

Zemil Rocha
Secretário de Receita, Gustavo Freire, ainda não escolheu titular de Divisão (Foto: João Garrigó)Secretário de Receita, Gustavo Freire, ainda não escolheu titular de Divisão (Foto: João Garrigó)

A Divisão de Lançamento de Tributos da Secretaria Municipal de Receita está sem chefia na atual gestão do prefeito Alcides Bernal (PP). Funcionários estão se queixando de que a falta do titular está prejudicando os serviços e até mesmo o atendimento aos cidadãos que procuram a repartição pública.

“Como não há responsável para assinar os documentos, o atendimento fica prejudicado”, afirmou uma funcionária, que não quis se identificar, para não correr risco de sofrer punição.

Até a gestão passada, conduzida por Nelsinho Trad (PMDB), a condução da Divisão de Lançamento de Tributos era chefiada por Expedido Felix Filho. Hoje não há responsável direto, embora haja informações de que o fiscal de renda André Luiz esteja prestes a assumir a condução do órgão.

A Divisão de Lançamento de Tributos tem dois funcionários internos e quatro atendentes. Entre suas atribuições está o lançamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e ISS (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza), comunicações de lançamento e vencimentos via Diário Oficial, definição de forma de pagamento tributário e lançamento de multas.

No organograma da Secretaria Municipal de Receita, que tem Gustavo Freire como titular, a Divisão de Lançamento Tributário é uma das cinco estruturas de terceiro grau na pasta. As outras quatro são a Divisão de Arrecadação, a Divisão de Cadastro Econômico, a Divisão de Fiscalização e a Divisão de Apoio Fiscal.

 

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


Tadinho !... anda sem tempo,pois esta tentando aumentar seu salario e dos seus secretariados.Que injustiça !...quando tiver um tempinho depois da consulta diária no Facebok quem sabe, pensara nisso...
 
Vera Lucia Dias em 15/05/2013 21:37:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions