A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

22/03/2018 14:00

Temer reforça que Estados terão recursos federais para a segurança pública

Presidente afirma que sua gestão fará repasse de recursos por meio do recém-criado Ministério da Segurança Pública

Humberto Marques
Temer disse que estados terão verbas para investir em segurança pública. Governo dará “todo o apoio à atividade”, afirmou. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)Temer disse que estados terão verbas para investir em segurança pública. Governo dará “todo o apoio à atividade”, afirmou. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O presidente Michel Temer reforçou nesta quinta-feira (22), em Brasília, que os Estados vão contar com recursos do recém-criado Ministério da Segurança Pública para investimentos no setor. Ele reforçou que a área de segurança é de responsabilidade do estado, assim, o governo federal dará “todo o apoio à atividade”.

“A tarefa da segurança pública cabe fundamentalmente ao estado, então, não podemos invadir a competência do estado. Mas, o que nós vamos fazer é coordenar e integrar essa atividade de segurança pública. Seguramente, nós vamos dar todo o apoio à atividade de segurança pública, vamos, inclusive, colocar recursos para os Estados para prover a questão da segurança pública”, afirmou Temer, segundo a Agência Brasil.

O Ministério da Segurança Pública será responsável pela coordenação desses investimentos. A Medida Provisória que criou a pasta foi assinada em fevereiro, elevando para 29 o total de ministérios. A pasta será composta pelo Departamento de Polícia Federal, Departamento de Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional, o Conselho Nacional de Segurança Pública, Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária e a Secretaria Nacional de Segurança Pública –que, antes, eram subordinados ao Ministério da Justiça, de onde também sairá o orçamento.

O novo ministério terá entre suas obrigações o patrulhamento ostensivo das rodovias federais e a política de organização e manutenção das polícias Civil, Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal.

Brasília – Nesta quinta-feira, governadores que integram o Fórum Brasil Central se reúnem na capital federal tendo a segurança pública entre suas pautas, conforme antecipou ao Campo Grande News o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), presente ao encontro.

Além de Reinaldo, governadores de Mato Grosso, Rondônia, Goiás, Tocantins, Maranhão e Distrito Federal participam do encontro. O chefe do Executivo sul-mato-grossense informou que seus pares estão incomodados com tratamento dado até aqui pelo Palácio do Planalto ao tema.

O encontro de governadores, no Palácio do Itamarati, também terá em pauta a articulação institucional e internacional dos Estados e do consórcio, que desde esta quinta passa a ser presidido por Pedro Taques (PSDB-MT).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions