A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

27/11/2013 19:25

Tribunal de Contas aprova inspeção extraordinária na Prefeitura de Rio Negro

Zemil Rocha
Conselheiro Waldir Neves também viu indícios de licitações irregulares (Foto: arquivo)Conselheiro Waldir Neves também viu indícios de licitações irregulares (Foto: arquivo)

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/MS) aprovou durante a sessão plenária desta quarta-feira (27) a transformação de Averiguação Prévia em Inspeção Extraordinária na Prefeitura de Rio Negro. O pedido foi formulado pelo conselheiro Waldir Neves, atendendo a ofício do atual prefeito do município, Gilson Antônio Romano, devido a indícios de irregularidades.

No ofício encaminhado a Corte de Contas, que resultou na instalação do processo TCMS 6672/2013, aconteceram fatos irregulares na gestão anterior, tais como: o não pagamento da folha dos funcionários nos meses de outubro, novembro e dezembro de 2012; a utilização de verbas do Fundo de Assistência Social para pagamentos de contas de outras secretarias municipais; e quanto a contratações de servidores e a processos licitatórios.

A equipe técnica, segundo Waldir Neves, confirmou indícios de irregularidades apontadas pelo atual prefeito, e ainda, que, em alguns casos, também houve ausência de pagamento de salários desde junho de 2012. Também teria ocorrido diversos pagamentos a prestadores de serviços, sem os respectivos contratos ou nomeação, contrariando a legislação.

Além disso, servidores municipais teriam relatado à equipe técnica do TCE/MS que os procedimentos licitatórios adotados na administração anterior podem conter indícios de irregularidades. "Tais fatos devem ser apurados em inspeção extraordinária a ser realizada no órgão”, defendeu o conselheiro-relator Waldir Neves.

 

 

Juiz Sérgio Moro nega suspensão de segundo interrogatório de Lula
O juiz federal Sérgio Moro negou nesta sexta-feira, 18, o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para adiar seu interrogatório m...
Cármen Lúcia determina que tribunais divulguem salários de magistrados
A ministra Carmen Lúcia, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), assinou nesta sexta (18) uma portaria ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions