A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

24/10/2013 13:14

Vereador fala em pedir quebra de decoro por moção a "Mister Gay"

Flávio César não gostou da declaração e promete reagir contra Paulo Pedra

Bruno Chaves e Kleber Clajus
Vereadores se envolveram em uma nova discussão ao término da sessão (Foto: Cleber Gellio)Vereadores se envolveram em uma nova discussão ao término da sessão (Foto: Cleber Gellio)

A polêmica sobre a aprovação da moção de congratulação ao douradense Carlos Gabriel, que venceu o concurso gay “Mister Brasil Diversidade”, fez com que a sessão da Câmara desta quinta-feira (24) terminasse em gritaria e bate-boca. O vice-presidente Flávio César (PT do B) chegou a anunciar que avaliará a possibilidade de abrir um processo contra o vereador Paulo Pedra (PDT) por quebra de decoro.

Durante os comentários, Pedra desagradou a bancada religiosa do Legislativo ao dizer que “não existe família de evangélico que não tenha um gay”. Minutos depois ele corrigiu e disse que não “não existe família de brasileiros que não tenha um gay”.

Por causa das palavras utilizadas pelo pedetista, Flávio César, que presidia a sessão na ausência de Mario Cesar (PMDB), pediu para que a frase de Pedra fosse retirada da ata por ser “imprópria”. Ele também determinou que fosse retirado do documento o termo “homofóbico”, que Pedra associou ao vereador Elizeu Dionizio (SDD).

A sessão foi encerrada, mas a confusão teve novos capítulos e partiu para os bastidores. À imprensa, Flávio justificou seu posicionamento, como presidente, dizendo que “sempre respeitamos o ser humano, mas representamos um segmento. Por princípios bíblicos, não aprovo isso” – em referencia a moção de congratulação.

Religião e Homossexualidade – Flávio disse que é membro e representa a Igreja Adventista do Sétimo Dia. Para ele, as questões religiosas “norteiam minhas decisões”. “Estou vereador para defender princípios e convicções”, argumentou.

O vice-presidente ainda afirmou que Pedra é “preconceituoso contra os evangélicos”. Ele disse que concorda com a retirada das palavras da ata e disse que o regimento da presidência o coloca nessa prerrogativa.

Por causa das declarações do pedetista, que aos gritos e no calor da discussão dizia que Flávio César não tinha legitimidade para estar onde estava, na cadeira da presidência, o vice-presidente anunciou que pretende entrar com um processo contra o colega.

Ainda polemizando, o vice-presidente disse que exerceu seu papel. “Ninguém tem o direito de tirar a autoridade, isso dá quebra de decoro. Vou avaliar se abro ou não um processo contra o vereador Paulo Pedra por dizer que eu não tenho legitimidade para exercer a presidência. Eu exerci meu papel”, afirmou.

Até assessor entrou no meio da confusão (Foto: Cleber Gellio)Até assessor entrou no meio da confusão (Foto: Cleber Gellio)
Na saída, todos se reuniram na sala dos vereadores (Foto: Cleber Gellio)Na saída, todos se reuniram na sala dos vereadores (Foto: Cleber Gellio)

Na saída, o contra-ataque – Na saída do plenário, os dois vereadores se encontraram e teve uma nova discussão. “Ele também não teria porque fazer esse alvoroço todo estando vereador com liminar”, lembrou Flávio.

Paulo Pedra indagou o vice-presidente, novamente aos berros: “seja homem de entrar com pedido de quebra de decoro contra mim”. Flávio tentou amenizar a situação dizendo que o vereador não precisava falar gritando quando recebeu uma resposta: “esse é meu jeito”.

Na confusão, um assessor parlamentar do vice-presidente foi apartar a discussão e afirmou ter sido agredido, aos empurrões, pelo vereador Pedra. Ele ameaçou registrar um boletim de ocorrências, mas foi orientado pelos companheiros a não fazer.

Em seguida, Paulo Pedra, Flávio César e Alceu Bueno (PSL) se reuniram na sala dos vereadores para tentar resolver a situação.

Da reunião Pedra saiu admitindo ter se exaltado, mas que “não retiro minha palavra, sou inviolável no meu mandato”. Já Flávio disse que não fugiu do regimento e as questões do decoro e retirada de itens da ata devem passar por consulta junto ao presidente da Casa de Leis, Mario Cesar (PMDB).

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...


Bem dizia meu avô, casa que falta pão todo mundo briga e ninguém tem razão. Pior se o Pastor Gilmar Olarte entrar no meio, ele não vai precisar dar NADA para niguém
 
Adir Souza em 24/10/2013 18:45:50
NOSSA...QUE VERGONHA.....VEREADORES....POR FAVOR ...CHEGA....A POPULAÇÃO ESTA .......SOFRENDO...
 
GISELE GONSALES em 24/10/2013 17:57:32
Vereador Paulo Pedra.... o asfalto da avenida próximo da minha casa tem um grande buraco... será que vc vai no posto de saúde ver se tá tudo bem por lá? porque não pergunta para a freira que cuida das crianças com HIV estão precisando de algo?
 
José Vigia em 24/10/2013 17:54:11
Virou palhaçada, somos expectadores. Tem mais palhaços? Tem mais expectadores? Vem, vamos nos unir e assistir ao grande espetáculo da administração municipal.
Povo de CG quando é que o nossos representantes realmente vão nos representar? Ou já estão representando o que somos?
 
Regisnaldo Marin em 24/10/2013 17:40:30
Dois mil anos e nada mudou, não sejamos como fariseus hipócritas! Vamos amar nossos irmãos como a nós mesmo, já que foi isso que Jesus ensinou. Todos nós temos dificuldades, vamos nos solidarizar com nosso irmãos homossexuais. Não deve deve ser fácil ter que conviver com tanto preconceito. Preconceito só gera mais dor, mais ódio, mais mágoas e disso o mundo já está cheio.
 
Juliane Ribeiro em 24/10/2013 17:36:35
É tanta baderna nessa câmara, que possivelmente, temos a pior "safra" de vereadores que as urnas já produziram.
 
valter oliveira em 24/10/2013 17:28:29
Nossa cada vez mais tenho vergonha de ser brasileiro , os 29 vereadores discutindo se vão ou não homenagear um gay é demais , tanta coisa mais seria, importante, valorosa a ser discutido.
 
zaqueu nunes em 24/10/2013 17:14:18
Parabéns vereador Flávio Cesar, seu comportamento deve estar super de acordo com as 27 doutrinas da igreja Adventista né? Por favor atente-se ao que a Bíblia ensina em relação ao amor ao próximo e pare de usar o nome da igreja para defender uma opinião que é apenas sua!
 
Romulo Romera em 24/10/2013 17:11:51
Pôxa vida... com tantos,mais tantos problemas para serem resolvidos e os Legisladores brigando por isso? Todo mundo já sabe, mas nunca é demais lembrá-los que faltam hospitais e nos existentes, faltam leitos, remédios. Falta mais escola e nas existentes, faltam materias e os professores que ganham pouco ainda. Falta uma melhoria - e que melhoria - no transporte coletivo, pois o que nos serve hoje é composto por ônibus velhos sucateados e com uma passagem caríssima e os Legisladores de uma Capital que tem uma população flutuante de 1 milhão de pessoas, brigando por um motivo EXTREMAMENTE BANAL? Olha.. é de envergonhar qualquer um.Fala sério! Sei lá (longe de ofender quem quer que seja).. mas eu acho que o tal do armário está apertando e tem uma turma que quer sair dele. EU ACHO VEJA BEM.
 
Gilson Giordano em 24/10/2013 17:00:04
E paulo Pedra, Vamos lembrar disso nas próximas eleições!!!
 
Eder Gabriel dos Santos Rodrigues em 24/10/2013 16:35:55
Quebra de decoro? Oi? Cassa o gov então… que recebeu com toda pompa no gabinete na governadoria… Coisa besta essa discussão. No interior tem um ditado: quem desdenha, quer comprar.
 
Fúlvia Chrystianne em 24/10/2013 16:19:40
Eu desejo que os filhos dos fundamentalistas religiosos nasçam gays assumidos e bem resolvidos (por que enrustidos e infelizes já tem de monte).
 
Anita Ramos em 24/10/2013 16:16:12
Quem que vota nesses caras, pelo amor de Deus!
 
Lincoln Garcia Silva em 24/10/2013 16:00:40
Gente que cenas bizarras, esses vereadores estão perdendo a linha se comportando como garotos, no calor das palavras perdem a linha e ja parte pra agressividade.... e tudo por causa de um assunto que não acrescentar em nada a nossa cidade...cena patética!!!!!!!
 
cris . alves em 24/10/2013 15:52:59
Ué, então o que dizer dos evangélicos e sua dita bancada de evangélicos, defendendo puramente seus interesses e suas ideologias, protestando e barrando tudo que é direito para os gays? Isso sim é verdadeira quebra de decoro. E não sei por que o vereador se ofendeu tanto, o outro não falou nenhuma mentira, na prática todos sabemos e conhecemos gays evangélicos, inclusive filhos de pastores. O que os evangélicos não gostam é quando atacam a hipocrisia deles.
 
Rafael Santos em 24/10/2013 15:42:12
NÃO TIRA O FOCO.

E O BERNAL?
 
Paulo Cesar Gaudios em 24/10/2013 15:39:42
Aprendi desde criança que quando se passa uma ordem em voz baixa existe maior possibilidade de ela ser cumprida, e que quem fala aos gritos é porque reconhece que sua autoridade não é valida e nem reconhecida, mas só falta agora os vereadores começar a brigar entre eles.
 
Teresa Moura em 24/10/2013 14:19:09
Essa câmara de vereadores, desde muito tempo têm necessidade de trabalhar com seriedade, e não da forma q vem desempenhando seus trabalhos. Agora vereadores se desentendendo por questões de homossexualismo e religião, q defende isso ou aquilo, isso é uma barbaridade. Senhores trabalhem realmente em defesa da sociedade. Questão desta natureza deixem de lado. Vem pros bairros... fazem projetos novos etc. Pelo jeito desde do inicio do pleito o carro não saiu do lugar. Até hoje só estão atrapalhando...
 
Jair Camilo em 24/10/2013 14:01:44
isso e uma vergonha ,para nos que votamos nesses vereadores ,A POPULACAO !!!!
 
hudson dias em 24/10/2013 13:48:04
Gostaria de saber se existe bancada católica, espírita, budista, luterana, muçulmana e
qual a opinião delas?
 
Mirella Forti Cossignani em 24/10/2013 13:37:52
demorou para este paulo pedra sair fora do cenário político não vai fazer falta nenhuma.
 
aureliano sousa em 24/10/2013 13:32:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions