A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

07/03/2017 13:38

Vereador já tem 20 assinaturas e diz que CPI dos táxi é irreversível

Seriam necessárias apenas 10 adesões para instaurar o inquérito, mas segundo o parlamentar requerimento já tem assinaturas até no verso

Lucas Junot
Todos os vereadores se reuniram antes da sessão e requerimento será apresentado com ainda mais assinaturas (Foto: Richelieu de Carlo)Todos os vereadores se reuniram antes da sessão e requerimento será apresentado com ainda mais assinaturas (Foto: Richelieu de Carlo)

Mesmo com o adiamento na apresentação do requerimento para instaurar a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos táxi, na Câmara Municipal de Campo Grande, a questão, segundo o vereador Vinícius Siqueira (DEM), que encabeça a denúncia, “é irreversível”.

De acordo com o parlamentar, o requerimento que pela manhã continha 15 assinaturas, já possui inscrições até no verso, contabilizando um total de 20 vereadores favoráveis ao procedimento. “Acho que ninguém vai ficar de fora, peguei 20 assinaturas. Todo mundo quer que a CPI saia, mas pra não prejudicar as discussões da Uber (aplicativo de caronas pagas) e pra não deixar ninguém de fora, vamos apresentar semana que vem”, explicou Siqueira.

Ainda segundo o parlamentar, a presidência da Casa de Leis convocou uma reunião esta manhã, antes da sessão para tratar do assunto. “A reunião tratou exclusivamente desse assunto e a prova maior da adesão à causa é que nenhum vereador deixou de ir. Estamos comprometidos a ir com força total”, afirmou.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions