ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 32º

Política

Vereador leva para Câmara projeto que proíbe “danças eróticas” nas escolas

Projeto semelhante gerou polêmica na Assembleia e ainda não foi votado em definitivo

Por Leonardo Rocha | 21/11/2020 18:31
Vereador Jeremias Flores (Avante), durante sessão na Câmara Municipal (Foto: Divulgação - CMCG)
Vereador Jeremias Flores (Avante), durante sessão na Câmara Municipal (Foto: Divulgação - CMCG)

O vereador Jeremias Flores (Avante) levou para Câmara Municipal, o projeto que já gerou polêmica na Assembleia Legislativa, pois proíbe a realização de “danças ou coreografias” que sejam consideradas obscenas, pornográficas ou "eróticas" nas escolas públicas e privadas de Campo Grande.

Este assunto foi colocado em pauta no ano passado, na Assembleia, pelo deputado Renan Contar (PSL). O tema gerou polêmica, com votos contrários tanto nas comissões, como no plenário da Casa de Leis. A proposta ainda não foi votada em definitivo na Casa de Leis.

Já a matéria da Câmara foi apresentada neste mês, com texto similar a outra, também repassando às escolas a responsabilidade de fiscalizar sobre a não realização de danças consideradas “eróticas” nas unidades.

O projeto também proíbe qualquer prática educacional, que tenha como objetivo despertar a “sexualidade e erotização precoce" das crianças e adolescentes. Ainda diz que qualquer pessoa física ou jurídica, seja pais ou responsáveis, podem fazer uma representação à administração (pública) e Ministério Público, se houver violação destas medidas.

A proposta segue agora para as comissões da Câmara, para depois ser votada em plenário pelos vereadores. Caso seja aprovada, ainda precisa passar pelo crivo do prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário