A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/12/2010 13:55

Aprovado reajuste médio de 6% do IPTU

Fernanda França e Aline dos Santos
Vereadores levaram mais de uma hora discutindo reajuste do IPTU (Foto: João Garrigó).Vereadores levaram mais de uma hora discutindo reajuste do IPTU (Foto: João Garrigó).

A Câmara de Campo Grande aprovou nesta manhã, por 19 votos favoráveis e só um contrário, o reajuste do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) para 2011.

O aumento médio será de 6%, conforme acordo firmado na segunda-feira da semana passada entre os vereadores e o prefeito Nelsinho Trad (PMDB).

As residências que ficam em regiões que receberam obras da prefeitura, como PAC Lagoa, Orla Morena, Segredo (área após a Ernesto Geisel), e bairro Taveiropolis, entre outras localidades, terão um reajuste mais salgado, que varia entre 8% e 16%.

O projeto de reajuste do IPTU deu entrada ontem na hora do almoço na Câmara. Somente o vereador Alcides Bernal (PP) votou contrário à proposta, que foi discutida por mais de uma hora.

Ele não participou da reunião com o prefeito na semana passada e alegou que o projeto deveria ser melhor discutido.

Segundo João Alberto Borges dos Santos, secretário adjunto de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, cerca de 86% dos contribuintes estão enquadrados no valor médio de reajuste, que é de 6%.

Amanhã, última sessão do ano, a proposta passará pela segunda análise.

Alegações

Durante os debates, o vereador Paulo Pedra (PDT) chegou a informar que apresentaria três emendas ao projeto. Elas isentariam do pagamento do imposto templos religiosos locados, aposentados com mais de 65 anos e pessoas beneficiadas com a Loas (Lei Orgânica da Assistência Social).

Entretanto, desistiu das modificações e votou a favor do projeto original.

Líder do prefeito na Casa, o vereador Flávio César (PTdoB) destacou que quase 90% dos contribuintes são adimplentes em Campo Grande, o que demonstra que a política da prefeitura está correta nesse sentido.

Já o vereador Carlão (PSB) admitiu que todo reajuste é ruim, mas “pior seria” ver todo o dinheiro jogado no lixo. “O que não é o caso de Campo Grande”, destacou.

O vereador Vanderlei Cabeludo (PMDB) disse que tem alegria de andar em Campo Grande e ver seu desenvolvimento, graças à arrecadação de impostos como o IPTU.

Já o vice-líder do prefeito na Câmara, Mário César (PPS), defendeu que o reajuste médio do IPTU é justo, já que foi calculado pela média do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) e INPC (índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Oposição

Vereadores de oposição, Cabo Almi (PT), Thais Helena (PT) e Paulo Pedra aproveitaram as discussões sobre o IPTU para reascender o assunto “reajuste dos servidores da prefeitura”.

Eles lembraram que os funcionários públicos mereciam um reajuste mais justo e voltaram a cobrar o PCC (Plano de Cargos e Carreiras) da categoria.



Não se preocupem

O Picarelli vai mandar uma Sexta Basica pra ajudar

Picarelli do Céu
 
Denis Marques em 24/01/2011 09:00:28
É isso que dá reeleição ! No primeiro mandato, o bichinho vai lá e faz alguma coisinha. A partir do terceiro ano do mandato eles ficam costurando a reeleição e ninguém trabalha.Em reelegendo, aí sim, vira uma ação entre amigos. Culpado disso tudo é o eleitor que tem a faca e o queijo nas mãos e dá essa continuidade absurda que aí está.
Veja bem, se não pagamos o IPTU, nos tira a casa conquistada com muito esforço, se não pagarmos o IPVA, também nos tira nosso automóvel e é assim por diante.Aí vem o aumento da água, da luz, iluminação pública,o parquímetro....
Então, o MS está assim, por causa da maioria dos eleitores . Agora, TEM QUE SOFRER COM EDUCAÇÃO.
Abraços.
 
Munira Rahal Costa em 26/12/2010 09:25:59
.....e ainda ganharemos de presente o maravilhoso show da Claudia Leite oferecido pela bondosa prefeitura pagos pelo suor do contribuinte !!! Um show de uma hora por pelo menos um milhão de reais.....
 
Sergio Correa em 22/12/2010 02:04:07
SENHORES, A PRÓXIMA ELEIÇÃO CHEGARÁ, E COM ELA NOSSA RESPOSTA. ENQUANTO AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS NÃO CHEGAM, VAMOS COBRA-LOS, VAMOS PARA CIMA, EXIGIR QUE TRABALHEM E NÃO FAÇAM FIQUEM ENROLANDO NA CÂMARA MUNICIPAL. O MEU SALÁRIO SUBIU 6%, MAIS DAÍ VEM O IPTU E DEVOROU. MARQUEM E DIVULGUEM OS NOMES DAQUELES QUE VOTARAM A FAVOR, E LEMBREM DELES NAS URNAS.
 
Marcelo Max em 21/12/2010 07:48:11
impressionante!!!!
esse aumento é um excelente presente de natal (engraçado, o meu salário nunca foi reajustado) parabéns vereadores pelo brilhante reajuste.
deixo uma sugestão porque vocês nao fazem algo a favor da população??? tipo diminuir a carga pesada de impostos? hoje ser político é só para criar programas de TV (diga-se de passagem ridículos) e se auto promover;
isto é abusar da confinaça que a população deu para vocês, quando se fala em aumento de salário para o povo NUNCA SE TEM DINHEIRO.
 
marcel dos santos nobre em 21/12/2010 06:58:00
se eles fizeram diferenças de aumento de IPTU com com foi agraciado com beneficios, porque também não isentaram ou reduziram os impostos das pessoas que sofrem com as enchentes , que até agora sequer resolveram como o bairro Santo Antonio que fica a mercê da resolução das enchurradas que descem docemiterio Santo Amaro e não tem nenhum vereador, nem prefeito nem secretario de nada pra resolver isso, cade a justiça.
se os direitos são iguais cade o nosso direito adquirido.
 
João Antoni Marchini em 21/12/2010 04:47:10
Cambada de inúteis e incompetentes !!! Enqto pagamos mais impostos os bonitos ganham reajuste de salários.
 
astrogildo pelotas em 21/12/2010 04:28:54
Estou com Edelberto que fez um comentário sobre o que sempre pensei: "Pq sempre o asfalto em primeiro lugar e o esgoto vem depois (qdo vem), qubrando tudo. Vcs nos induzem a prensar que é pra ganhar ilegalmente, claro duas vezes sobre as mesmas obras. Vcs nos desculpem mas agindo assim, não poderíamos pensar de outra forma, se qquer um mesmo sem nenhuma formação, sabe que o esgot DEVE VIR SEMPRE ANTES DO ASFALTO E PONTO FINAL..
 
Lúcia Sales Dorneles em 21/12/2010 04:21:28
tudo o que o pessoal falo até agora , é tudo verdade, sobe tudo as coisas e não sobe o nosso salario, como eu tenho que pagar a casa no valor de 450,00 reais e pagar as despesas da casa, agua, luz,comida, etc....
a sorte que Deus me deu um serviço, muito bom, otimo, que eu ganho na faixa de 1,000,00 reais, e agora se minha empresa me desse as contas, e eu iria pra um outro trampo que ganhasse uns 700,00 reais não vai da pra viver , vou passar fome.....vceis tem que rever essa situação ,,,,grato
 
edmilson marinho em 21/12/2010 04:14:14
É... sabemos que um dia as coisas são reajustadas... mas a rapidez, a quase unidade, enfim, e, acima de tudo, depois do reajuste, desculpe, aumento dos seus "míseres" salários, é compreensível esses aumentos afinal, como pagar os altíssimos salários dos mesmos e seus "colegas" superiores.. Nesse meio funciona assim: a eles, deles e por eles?? Qdo se fala que seja em 1%, 3% ou 5% do mínimo, aí todos gritam que vão quebrar a previdência, o país, aliás, vai quebrar tudo, mas no caso deles alguém viu, ouviu ou suspeitou de algum comentário a respeito?? Me poupem... me economizem por favor...
 
lucia de Sales Dorneles em 21/12/2010 04:12:28
Absurdo! Tenho um IPTU de um imóvel, que de 2009 para 2010, aumentou 26,32%. Segundo funcionários da Prefeitura, fruto da adoção do valor dos terrenos informaedos pela Câmara de Valores Mobiliários. Incrível como, para a Prefeitura, os índices aplicados no imposto só aumentam e o valor venal do imóvel também, sendo que, no caso, deveria reduzir considerando que os bens móveis e imóveis depreciam com o tempo.
 
Paulo Tosi em 21/12/2010 04:01:37
e facil subir as coisas como: aumento imposto, aumento de salarios, aumento iptu, aumento de ipva e por ai afora, sera que um dia as coisas vao comecar a baixar ao inves de subir, abaixar os salarios dos politicos, os politicos tem que trabalhar mais e ganhar menos.
 
hilario sabino dos santos junior em 21/12/2010 03:54:22
Mas porque vao aumentar mais os impostos em locais que receberam obras se 90% do dinheiro das obras vem do governo federal?
 
Deocleciano Ratier Dias em 21/12/2010 03:37:14
Aumento do IPTU, aumento do combustível , aumento da água, aumento da energia, aumento dos alimentos e principalmente aumento do salário com mais de 100% do legislativo...


Alguem tem q pagar

" QUEM Será que PAGA TUDO ISSO ????????"

 
Gustavo Valiente em 21/12/2010 03:06:14
Por que, ao invés de aumentar o IPTU, os ilustríssimos vereadores dessa cidade não criam uma lei (que é a função deles) que obrigue o município a fazer o esgoto antes do asfalto. Por que? Por que fazer o asfalto e depois ter que quebrá-lo para colocar esgoto, ehn vereadores? Quando fazem o esgoto!!! Quando é que a câmara municipal vai fazer alguma coisa sobre isso?
 
Edelberto Pauli Júnior em 21/12/2010 03:05:25
Os vereadores têm razão em dizer tudo isso e mais alguma coisa, pois os salários deles foram reajustes com o aumento dado aos Políticos de Brasília e aos Deputados Estaduais. Dizer o quê mais? Tenho 54 anos de idade e nunca vi um projeto desse ser barrado.
Um dia esses políticos irão perder essa boquinha.
Abraços
 
Carlos José em 21/12/2010 02:54:24
Pena que ninguém votou contra o aumento do salário deles
 
Lilian Veron em 21/12/2010 02:23:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions