A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/08/2013 12:47

Vereadores promovem audiência pública para debater o uso de som alto em eventos

Jéssica Benitez

Na próxima terça-feira a Câmara Municipal de Campo Grande, por meio da Comissão Permanente de Cultura, promove audiência pública para discutir o som ao vivo e mecânico em eventos, pontos comerciais, seja por manifestações culturais e comerciais.

O debate será aberto à população, bem como às autoridades relacionadas ao tema. Compõem a comissão os vereadores: Chiquinho Telles (PSD), Eduardo Romero (PTdoB), Edson Shimabukuro (PTB), Grazielle Machado (PR) e Vanderlei Cabeludo (PMDB). A audiência começa às 14h.

"A reclamação surgiu em uma audiência pública sobre a Cultura que tivemos em junho, onde os músicos trouxeram o assunto a tona, e a mídia também vem mostrando o problema de empresários que não conseguem mais oferecer música ao vivo em bares e estabelecimentos e até mesmo artistas que estão sendo proibidos de manifestar-se culturalmente, como aconteceu na Orla Morena”, explicou Chiquinho.

Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


Srs. Edis: Essa de empresários oferecer cultura com música ao vivo é apenas um pretexto de comercializar principalmente bebidas alcoólicas e daí saí desses lugares principalmente adolescentes e jovens com a cara cheia de cachaça e se achando poderosos na direção de carros e motos e aprontando os crimes iguais aos que tem acontecido nesta cidade.Essa conversa dos empresários o foco é bem outro. Além do que a população é prejudicada com o barulho que vai até quase ao amanhecer ninguém merece isso.Vários lugares nesta cidade tem se tornado um inferno por causa dessa peste de bebida alcoólica com os rala buchos nas baladas com um barulho infernal.Os Srs. Edis precisam é ao invés de ficar com picuinhas com o prefeito é fiscalizar o cumprimento da lei do silêncio nesta capital, doa a quem doer.
 
João Alves de Souza em 31/08/2013 02:07:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions