A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

02/10/2016 17:01

Votação é encerrada e TRE inicia logo mais apuração dos votos

Ricardo Campos Jr.
Ruas no entorno do TRE foram interditadas para apuração (Foto: Luana Rodrigues)Ruas no entorno do TRE foram interditadas para apuração (Foto: Luana Rodrigues)

A votação para prefeito e vereador já foi encerrada em todos os municípios de Mato Grosso do Sul. Conforme estabelecido pela Justiça Eleitoral, as seções fecharam às 17h e logo mais serão conhecidos os novos vereadores prefeitos e os candidatos que disputarão segundo turno, no caso de Campo Grande.

Na Capital, as urnas serão levadas para os polos de apuração onde os dados dos cartões são contabilizados. O Campo Grande News disponibilizará uma plataforma online para acompanhamento da apuração (acesse aqui).

As ruas no entorno do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) foram interditadas, já que no local será divulgado o resultado final do pleito. O presidente do Tórgão, desembargador Divoncir Schreiner Maran, acredita que todas as urnas devem ser apuradas em até duas horas.

Conforme a Justiça Eleitoral, 82 urnas tiveram problemas em Mato Grosso do Sul. Destas, 45 foram consertadas e 37 tiveram que ser substituídas pelo órgão. Nestas eleições, são utilizadas 5.669 aparelhos no estado.

Em Campo Grande, 18 urnas apresentaram problemas e nove tiveram que ser trocadas. A Justiça Eleitoral não informou em quais seções estavam esses aparelhos.

oito pessoas foram presas em Mato Grosso do Sul por crimes eleitorais. Um desses casos foi em Campo Grande. Trata-se de um fiscal da coligação Nossa Força é a Nossa Gente, encabeçada por Alcides Bernal (PP), detido pela manhã na Escola Estadual Professora Célia Maria Naglis.

Ele teria se negado a permanecer dentro da seção eleitoral, procedimento necessário nestes casos, e ficou do lado de fora conferindo os títulos dos eleitores. Além disso, teria ignorado tentativas feitas pela chefia da seção para que permanecesse dentro do recinto e insistiu em continuar fazendo a espécie de ‘checagem’ dos documentos, prática que é proibida.

Durante a manhã, quatro candidatos a vereador haviam sido presos, sendo um em Coxim, dois em Itaporã e um em Guia Lopes da Laguna. Nas últimas duas horas, mais quatro pessoas foram presas segundo informações do TRE.

Em Mundo Novo um eleitor foi preso por boca de urna e em Taquarussu, um mesário de sessão também foi preso por tentar incentivar eleitores a votar em um determinado candidato. Em Coxim, o candidato a vereador Odes da Silva (PP) foi preso nesta tarde por transporte ilegal de eleitores.

Também foram registradas prisões em Itaporã, Mundo Novo e Brasilândia.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions