ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Política

Zeca prega humildade a Bernal e vê momento para "governo de coalizão"

Por Zemil Rocha | 27/11/2013 15:42
Zeca enalteceu o trabalho de Pedro Chaves: "Foi um achado de Bernal" (Foto: arquivo)
Zeca enalteceu o trabalho de Pedro Chaves: "Foi um achado de Bernal" (Foto: arquivo)

O vereador e ex-governador Zeca do PT defendeu nesta tarde, em entrevista ao Campo Grande News, que o prefeito Alcides Bernal (PP) aproveite o bom momento, devido às vitórias conquistadas na Justiça, para iniciar imediatamente a construção de um governo de coalizão.

“Bernal tem de ter humildade para reconhecer que, como vencedor, precisa ter a generosidade e, aproveitando o espírito natalino, para repactuar tudo, construir um novo entendimento em torno do projeto maior que é a cidade de Campo Grande; aproveitar para fazer a reforma administrativa e o governo de coalizão”, defendeu o ex-governador petista.

Zeca está otimista com as recentes decisões judiciais que suspenderam os trabalhos da Comissão Processante da Câmara da Capital. “O resultado do Tribunal de Justiça zera o jogo, mostra que Câmara se precipitou, insistiu e perdeu. Tem de ter humildade para reconhecer isso”, afirmou.

Achado de Bernal - Indagado se está satisfeito com as ações do secretário municipal de Governo, Pedro Chaves, Zeca do PT enalteceu o trabalho dele. “Fui critico da indicação do Pedro Chaves, mas estou achando que ele é o grande achado do Bernal”, respondeu o vereador, que integra a base de apoio do prefeito na Câmara, mas tem feito duras críticas ao chefe do Executivo, especialmente ao fato de não ter buscado assegurar o apoio de outras forças políticas para governar.

Lembrado do fato de Pedro Chaves ainda não ter feito nenhuma conquista de apoio partidário ou na Câmara para Bernal, inclusive tendo fracassado a tentativa de construir o Conselho Político, o vereador Zeca do PT observou que o momento de judicialização da disputa impediu qualquer avanço rumo um governo mais plural. “Chaves tem autoridade política e equilíbrio, que é próprio dele, para ir compondo as peças”, avaliou. “Tinha muita demanda para ser atendida. Ele vai construindo devagarzinho”, emendou.

Conselho Político, na opinião de Zeca, é conseqüência do ganho de novas forças políticas, que pode acontecer agora neste bom momento do prefeito Alcides Bernal. “Agora é o momento de aproveitar para repactuar, montar um grande time e depois tirar daí o Conselho Político”, sustentou.

Para Zeca, Bernal está rodeado de condições objetivas para dar uma guinada em sua administração. “Se perder essa oportunidade, dificilmente vai ter outra”, alertou.

Outro processo – Durante a sessão de hoje, o vereador Zeca do PT advertiu a Câmara sobre o perigo de sofrer um grande desgaste político caso resolva aprovar outra Comissão Processante contra o prefeito Alcides Bernal, diante da decisão judicial que suspendeu os trabalhos da aprovada na sessão do dia 15 de outubro.

“A Câmara não pode cair num buraco sem fundo. A sociedade não vai entender um comportamento radicalizado do Legislativo contra o Executivo. A Câmara não é partido político, é instituição de poder. A Câmara tem de preservar sua atuação em favor do desenvolvimento da cidade”, apontou o petista.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário