ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 14º

Direto das Ruas

Fila para atravessar fronteira de MS com a Bolívia gera reclamação

Por Fabiano Arruda | 02/02/2013 10:57
Leitor registra movimento em posto da PF em Corumbá, fronteira com a Bolívia. (Foto: Antônio Sales)
Leitor registra movimento em posto da PF em Corumbá, fronteira com a Bolívia. (Foto: Antônio Sales)

“Atravessar a fronteira Brasil-Bolívia por via terrestre é uma situação vexatória”, esbravejou o leitor Antônio Sales, que entrou em contato com o Campo Grande News contar o que define como transtorno.

“Há uma fila descomunal para sair do Brasil e outra maior ainda para entrar no Brasil”, disse, reclamando, sobretudo, da falta de organização e informações ao público que fica do lado de fora do posto da Polícia Federal.

Ele conta que ingressou no país vizinho em 3 de janeiro e, na ocasião, presenciou uma família de cinco estrangeiros, que demorou 40 minutos apenas para preencher papeis. Para o leitor, o processo poderia ser facilmente agilizado se houvesse alguma equipe para orientá-los.

Sales ainda garante que bolivianos chegam a vender seus lugares na fila. “Não há para quem denunciar porque todos os funcionários mal estão dando conta de conferir e carimbar os documentos”.

Segundo ele, que também disse que sofreu com mau atendimento, a situação de espera em meio à desorganização é “desestruturante”.

Ainda conforme o leitor, o cenário do lado da Bolívia também é tumultuado, no entanto, há mais funcionários para atender, um policial para fiscalizar a entrada de irregulares e distribuir papeis a serem preenchidos, informa.

Por fim, Sales sugere que a Prefeitura de Corumbá e a Polícia Militar do município atuem, por meio de convênios, para promover melhorias e organizar o processo.