A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/09/2015 10:54

Governo estabelece data do vazio sanitário e semeadura do algodão

Priscilla Peres
O vazio sanitário em MS terá duas datas, para municípios do Norte e Nordeste e demais regiões. (Foto: Ampasul)O vazio sanitário em MS terá duas datas, para municípios do Norte e Nordeste e demais regiões. (Foto: Ampasul)

A Iagro (Agência de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) e a Sepaf (Secretaria de Produção e Agricultura Familiar) estabeleceram hoje, por meio de resolução publicada no Diário Oficial, as datas para o vazio sanitário e semeadura do algodão nas regiões produtoras de Mato Grosso do Sul.

Ficou definido que nos municípios produtores da região Norte e Nordeste, o vazio sanitário do algodoeiro será de 15 de setembro a 30 de novembro de cada ano. Tais cidades são, Água Clara, Alcinópolis, Camapuã, Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e Sonora.

Nos demais municípios das regiões produtoras, o vazio será de 16 de junho até 30 de agosto. A resolução ainda estabelece o dia 31 de janeiro como data limite para a semeadura do algodoeiro, nos municípios das regiões Norte e Nordeste e 31 de dezembro como data limite para as demais regiões produtoras.

De acordo com as duas entidades, a resolução foi elaborada considerando os prejuízos que a disseminação do bicudo do algodoeiro pode causar na atividade e a diminuição do ciclo da cultura em função do clima e da época do plantio.

Ainda segundo a publicação, são comprovadas as vantagens do sistema de plantio em sucessão soja - feijão - algodão. Assim como há uma tendência de se otimizar o período de entre-safra compreendido entre o término da colheita e início da próxima semeadura.

Além disso, foram feitos esforços para ajustar os períodos do vazio sanitário das regiões produtoras de algodão, com os vizinhos Estados de Goiás e de Mato Grosso. Os representantes dos três estados elaboraram a “CARTA DE CAMPO GRANDE” de 22 de junho de 2015, concebida durante a Reunião Técnica de harmonização dos períodos de vazio sanitário e de plantio da cultura do algodoeiro, entenderam ser apropriado para as regiões limítrofes dos três Estados do Centro-Oeste, estender a semeadura do algodoeiro até 31 de janeiro de cada ano.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions