A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

29/05/2018 18:52

Greve leva governo a prorrogar por 15 dias a vacinação contra a aftosa em MS

Diretor-presidente da Iagro confirmou que campanha, que terminaria no dia 31, será prorrogada até 15 de junho na fronteira e no Planalto

Humberto Marques e Anahi Gurgel
Expectativa é de que imunização atinja 99% do rebanho durante a campanha. (Foto: Arquivo)Expectativa é de que imunização atinja 99% do rebanho durante a campanha. (Foto: Arquivo)

O governo do Estado decidiu prorrogar em 15 dias a vacinação contra a febre aftosa em Mato Grosso do Sul, diante das dificuldades causadas para a campanha com a paralisação dos caminhoneiros. O pedido de adiamento havia sido feito na sexta-feira (25) pelo diretor-presidente da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), Luciano Chiochetta, e oficializado nesta terça (29).

Conforme Luciano, o pedido havia sido formalizado pela Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) na semana passada e, nesta terça, foi assinado. Com isso, a campanha que se encerraria na quinta-feira (31) foi estendida até 15 de junho nas regiões de fronteira e no Planalto –no Pantanal, a vacinação iria até 15 de junho.

O diretor da Iagro destacou que não há problemas em relação à quantidade de vacinas –cerca de 21 milhões de doses foram disponibilizadas, com a perspectiva de se imunizar no prazo 99% do rebanho–, “mas sim no fluxo de comercialização, porque as doses não chegam às revendas”, pontuou.

“Esperamos que, com esses 15 dias e a liberação das estradas, o fluxo atinja as 21 milhões de doses”, emendou Luciano. Segundo ele, foram comercializadas até aqui 18 milhões de doses.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions