A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/04/2009 08:02

MS conhece sistema de rastreabilidade usado no Uruguai

Redação

Na tarde de ontem o engenheiro industrial uruguaio, Roberto Oliveira Mattos, apresentou na Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) o sistema de rastreabilidade usado em seu País. Participaram da reunião pecuaristas, veterinários e representantes políticos da classe. O sistema de rastreabilidade uruguaio é referência para os demais países da América do Sul.

Mattos explicou que cada animal tem dois dispositivos de identificação independente, um brinco para a identificação visual e outro que contém um dispositivo eletrônico que armazena um número e emite freqüências de rádio. O controle é feito por operadores, pessoas ou empresas devidamente autorizadas e regulamentadas, que enviam os dados para o Sistema Nacional de Información Ganadera.

O engenheiro também falou que o processo é desburocratizado. A autorização de embarque dos animais, similar à Guia de Trânsito Brasileira, no Brasil, pode ser obtida por telefone, na hora do embarque. No Brasil, a autorização que GTA deve ser pedida com antecedência de 24 horas, junto ao Serviço Oficial de Defesa Sanitária Animal.

O vice-presidente da Famasul, Eduardo Riedel, se animou dizendo que o sistema pode se mostrar viável ao Brasil.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions