A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/04/2009 08:16

Quebra na soja pode prejudicar pagamento aos bancos

Redação

Prevendo dificuldades de produtores que tiveram perdas na soja para pagarem financiamentos contraídos junto ao Banco do Brasil, a Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) promoveu nesta quarta-feira uma reunião com representantes do Banco do Brasil. O setor garante que não quer perdão de dívidas, mas negociação, uma vez que em algumas regiões a queda de produtividade chega aos 30%.

Aliado à redução da produção, causada principalmente pela estiagem, os altos custos trazem novas dificuldades para os produtores. "O aumento ocorreu em todo o Estado. Em Maracaju o índice assusta: 72% (de aumento) entre 2006 e 2009. Ponta Porã e São Gabriel do Oeste acumulam altas superiores a 50% nesse período. Na conta do produtor, o fertilizante é o que mais pesa. O insumo representa em torno de 60% dos custos de produção", informa nota da Famasul.

O assessor de agricultura da Famasul, Lucas Galvan, ressalta que "o agricultor fica à mercê da sorte, pois paga caro para produzir e não tem garantias quanto à produtividade", afirma. Quanto ao seguro, afirma: "é caro e o nível de cobertura é baixo".

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions