A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/08/2014 10:21

Regra muda e só 7 laboratórios fazem exame de anemia de equinos

Priscilla Peres
Diretora-presidente da Iagro explica sobre a mudança em normas. (Foto: Divulgação/Sindicato Rural de Campo Grande)Diretora-presidente da Iagro explica sobre a mudança em normas. (Foto: Divulgação/Sindicato Rural de Campo Grande)

Mato Grosso do sul tem apenas sete laboratórios credenciados pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) para realizar o exame de anemia equina, nenhum deles localizado em Campo Grande.  Isso acontece por que os estabelecimentos estão tendo que se atualizar para aumentar a qualidade do diagnóstico e quem não o fizer é descredenciado. Antes eram pelo menos 25 laboratórios que faziam o exame.

O exame de anemia assinado por um médico veterinário é obrigatório para o trânsito dos animais em qualquer região do Estado. A diretora-presidente da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), Maria Cristina Carrijo, explica que o recadastramento dos laboratórios faz parte do ISO 17025 e que o processo de mudança está sendo construído há dois anos.

"É um planejamento implantado pelo Mapa para que todos os laboratórios estejam dentro de um sistema de qualidade. É um processo longo e exije a participação em capacitações além de uma série de atualizações", diz a diretora-presidente da Iagro. Quem não participou do processo foi descredenciado pelo Ministério.

A norma ISO/IEC 17025 é publicada internacionalmente pelo ISO (International Organization of Standardization) em conjunto com a IEC (International Electrotechnical Commission ). No Brasil a publicação é feita pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), e os laboratórios que desejam demonstrar sua competência devem implantar os requisitos da norma e se submeter à auditoria do acreditador. O órgão no Brasil autorizado a dar tal acreditação é o Inmetro.

Transtorno - Campo Grande não tem atualmente laboratório credenciado para fazer o exame de anemia equina, dessa forma, o produtor que precisar transportar seu animal terá que ir até um município com laboratório regular.

Segundo lista do Mapa, os sete laboratórios aptos estão localizados em Amambai, Costa Rica, Dourados, Nova Andradina, Bonito, Aquidauana e Glória de Dourados. "Isso gera um transtorno para o produtor que terá de se deslocar, mas acredito que em 30 e 60 dias essas questões serão resolvidas, com o credenciamento de quem está com o processo de atualização em andamento", explica Maria Carrijo.

O médico veterinário Rodrigo Zaghini, responsável pela Reproduza Assessoria Veteinária de Nova Andradina, explica que recebeu a autorização do Mapa para continuar realizando os exames no dia 1° de agosto. "O ministério aprovou a documentação e estamos em fase de implantação das regras. É um processo burocrático, mas necessário para continuar atuando".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions