ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 24º

Educação e Tecnologia

Em canal do YouTube, professor "viraliza" dando lições de matemática

Por Adriano Fernandes | 22/08/2015 10:50
A produção dos vídeos é caseira, desenvolvida por David com base nas técnicas aprendidas nos tutoriais de canais do YouTube.(Foto:Divulgação)
A produção dos vídeos é caseira, desenvolvida por David com base nas técnicas aprendidas nos tutoriais de canais do YouTube.(Foto:Divulgação)

Matemática não é, digamos assim, a “queridinha” da maioria dos estudantes. Pensando nisso, há pouco mais de um ano, o professor de matemática David Gonçalves, 33 anos, mantem o canal no YouTube “É Pra Copiar?”, que ensina regras práticas da disciplina. Atualmente tem mais de 3 mil seguidores.

Criar o canal, foi uma proposta alternativa encontrada pelo professor, ao ensino da matéria para os estudantes da escola onde leciona. “Notei que a dificuldade no aprendizado de alguns alunos, poderia ser menor se a matemática de base, ensinada nas séries anteriores, fosse revisada”, explica David.

O professor viu então a iniciativa, antes desenvolvida para atender principalmente os seus alunos, passar pelo efeito perpetuador da internet. “A ferramenta que eu criei para auxiliar os meus alunos, acabou se espalhando e os vídeos passaram a ter muito mais visualização. Hoje o “É Pra Copiar?” tem mais de 3.900 inscritos”, conta o professor.

As lições que são postadas, sempre às terças-feiras e aos sábados, são divididas por playlists em vídeos com duração média de, no máximo, 10 minutos. Os assuntos são equações de segundo grau, potenciação, frações, radiciação, dentre outras problemáticas da matemática. Atualmente o canal tem mais de 167 mil visualizações.

A produção dos vídeos é caseira, toda desenvolvida por David com base nas técnicas que o professor aprendeu sozinho pela internet, nos próprios tutoriais de canais do YouTube. David ressalta que as lições postadas no canal não substituem as aulas presenciais, mas servem como uma opção alternativa de aprendizado.

“Quando você faz um trabalho que gosta, nem pensa em parar. A tendência é crescer”, comentou o professor. O objetivo para o futuro no momento, é conseguir professores parceiros também de outras áreas de ensino, como história e geografia.

O canal “É Pra Copiar?”, você conhece clicando aqui.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário