A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

05/11/2017 18:56

Carro fica desgovernado, bate em poste e dois ocupantes ficam feridos

Nyelder Rodrigues e Kleber Clajus
Colisão atraiu curiosos e fez com que Bombeiros tivessem que fazer desencarceramento das vítimas (Foto: Marcos Ermínio)Colisão atraiu curiosos e fez com que Bombeiros tivessem que fazer desencarceramento das vítimas (Foto: Marcos Ermínio)

Duas pessoas que estavam em um carro Chevrolet Vectra de cor branca ficaram feridas ao bater em um poste na avenida Ernesto Geisel, no Jardim Nhanha - localizado na região sul de Campo Grande. O acidente aconteceu no sentido bairro-centro da via.

As vítimas são Renata Almeida de Souza e Reinaldo Brito, de 39 anos, que dirigia o veículo. Ela foi atendida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e não há informações o estado de saúde dela.

Já Reinaldo foi atendido pelo Corpo de Bombeiros com suspeita de fratura no fêmur. O local é uma reta, mas no cruzamento anterior, com a rua do Aquário, há uma depressão no asfalto que pode ter causado o incidente.

No mesmo local, já houveram vários acidentes, um deles inclusive resultando na morte de um professor, que bateu o carro em que estava em uma árvore que havia ali. "Só batem aqui. Já perdi duas lixeiras com isso, chega a me dar um nervoso", comenta a morada da casa em frente ao local dos acidentes, Iraci Alves.

Trânsito ficou tumultuado até a chegada do Polícia de TrânsitoTrânsito ficou tumultuado até a chegada do Polícia de Trânsito
Reinaldo foi levado com suspeita de fratura no fêmur (Fotos: Marcos Ermínio)Reinaldo foi levado com suspeita de fratura no fêmur (Fotos: Marcos Ermínio)

Iraci tem 67 e é aposentada. Ela estava assistindo uma missa pela televisão quando ouviu o barulho da colisão entre o carro e o poste. No local, há cerca de 50 metros de frenagem, segundo a BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito).

Ao todo, quatro viaturas dos Bombeiros, sendo uma de resgate, e duas do Samu - uma básica e outra de atendimento avançado - foram até o local. O trânsito ficou tumultuado e muitos curiosos foram ver o que tinha acontecido.

Resgate e poste - Na colisão, as vítimas não ficaram presas às ferragens, mas precisaram do trabalho de desencarceramento dos Bombeiros para conseguirem ser retiradas do Vectra, que ficou com a frente totalmente destruída na colisão.

Além disso, técnicos da Energisa foram verificar se havia a necessidade de remover o poste atingido pelo carro para troca do mesmo. Ele não sofreu danos aparentes, mas ainda assim é preciso fazer a checagem. O trabalho faz com que a região fique sem fornecimento de energia por aproximadamente 30 minutos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions